#fiqueemcasa! A ordem agora é manter à distância!

Iara Fonseca

#fiqueemcasa!A ordem agora é manter à distância! O vírus que nos obrigou a nos isolar uns dos outros, também nos ajudará a nos aproximar de nos mesmos e promover o autocuidado!

O brasileiro não está acostumado a manter a distância! Povo caloroso e hospitaleiro, sempre famoso pelo abraço apertado e pelos inúmeros beijos que distribuem até para meros desconhecidos!

Com o aparecimento do COVIT19, e com a pandemia confirmada esse comportamento natural precisou ser desconstruído e muitos estão tendo dificuldades em cumprir a determinação de isolamento e de evitar o contato físico. Mas a coisa é séria, e realmente devemos manterem distância de pelo menos um metro das outras pessoas!

O que não dá para aceitar são aqueles ignorantes que não se importam com as determinações globais, não se importam com as restrições, e pensam que “não é tão grave assim”. São essas pessoas irresponsáveis e sem compaixão com o próximo, que contribuem para a disseminação da doença para uma nação inteira.

Infelizmente existem muitas pessoas egoístas que por não fazerem parte do grupo de risco, assumem atitudes relapsas e irresponsáveis!

Esse vírus não é brincadeira!

Por mais que digam que ele parece uma gripe leve, não existe medicação adequada para o seu controle e não se sabe como ele pode agir em cada pessoa, e quais infecções ele pode gerar além da insuficiência respiratória!

O agravante é a possível necessidade de internação em massa, mesmo que a maioria não venha a óbito, não há leitos suficientes! E nem queremos pensar o desespero que é estar sentindo falta de ar e não ter um respirador disponível!

Muitas pessoas já estão mostrando o quanto são solidárias, e não entraram em pânico, apenas acataram as determinações globais e estão compartilhando nas redes a hashtag #fiqueemcasa. Por mais que muitos estejam desesperados com a notícia da pandemia, e ficam compartilhando notícias tristes e dados aterrorizantes, graças ao santo Deus, existem pessoas conscientes que se restringem a fazerem apenas o que lhes foi pedido, FICAR EM CASA.

Realmente não é tão grave assim, como a dengue em muitos casos também não é, e muitos de nós já pegaram. Mas não queremos pegar novamente, não é mesmo? Quem já teve dengue sabe que ela pode vir leve ou devastadora, no meu caso que peguei duas vezes, foi horrível e se eu pudesse escolher, nunca mais passaria por isso!

Mesmo que não seja um vírus mortal, na maioria dos casos, não é por isso que vamos nos expor dessa maneira! A determinação divulgada pelo governo brasileiro é para que as pessoas fiquem em casa a partir do dia 23/03 até o dia 05/04, evitar aglomerações, e já se organizar para esse período de isolamento.

Se você está com sintomas de gripe, não saia de casa, mesmo que já tenha feito o teste e não tenha dado positivo para coronavírus, não exponha as pessoas! Tenha responsabilidade social! #fiqueemcasa

É momento de assumirmos as responsabilidades que nos cabem, de passar a nos importar com todas as pessoas, não apenas com o nosso grupo de afetos!

O vírus não escolhe raça, nem posição social, ele é democrático e avança rapidamente! E essa força com que ele se alastra nos ensina muitas coisas!

Quando uma vírus ou uma praga surge causando dor e morte em escala mundial, percebemos efetivamente que não estamos no controle, que não somos nós os mestres do universo!

Ele veio para colocar cada ator em seu devido lugar, porque nem os mais poderosos são imunes a ele!

Não será o dinheiro e o poder que poderá te imunizar caso você entre em contato com ele! Ele pode chegar leve como uma marolinha, ou vir feito um tsunami e comprometer gravemente o seu sistema respiratório, e cardíaco, obviamente, caso você esteja no grupo de risco que são: Asmáticos, idosos, pessoas com doenças do coração, fumantes, e diabéticos.

Acordamos para o fato de que frente ao vírus somos todos iguais! Como aos olhos de Deus, para quem acredita nEle!

Mas mesmo à distância podemos ser afetivos e empáticos com aqueles que correm sérios riscos e não devem se expor.

Não devemos visitar os idosos, mas podemos ser solidários e nos colocar a disposição via internet ou telefone.

Essa situação está nos ensinando a nos fazer presentes, mesmo que não fisicamente.

A pauta é solidariedade e responsabilidade social e foram postas em evidência por conta de um vírus.

Em tempos de desordem, crise econômica, separatismo político, e muita disparidade ideológica, um vírus trouxe a tona a urgência da união.

Sei que venceremos o vírus, e que tudo isso vai passar, mas espero que essas duas palavrinhas “solidariedade e responsabilidade social” nunca mais saiam da pauta mundial!

O vírus que nos obrigou a nos isolar uns dos outros, também nos ajudará a nos aproximar de nós mesmos e promover o autocuidado!

*Foto: Premier Living e& Rehab Center Info Page

#fiqueemcasa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA e SEU AMIGO GURU. Neurocoaching e Mestr em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram.