Eu preciso de um louco como eu para me lembrar o que é o amor

Resiliência Humana

Eu preciso de um louco como eu para me lembrar o que é o amor

Por: Grécia W

Muitos dizem que o amor é para os corajosos, para os fortes, para aqueles que têm força infinita e incomum, já que amar é uma aventura contínua que nos torna heróis.

Eu, preciso de um louco.

Eu preciso de um louco, daqueles que não existem mais.

Alguém para me abraçar e nunca mais querer deixar ir.

Um louco que se apaixona pelo meu absurdo.

E fique ainda mais louco com o meu corpo.

Um louco para fazer amor com ele da maneira mais eloquente.

Que ele jamais conheceu.

Para quem posso contar meus segredos

E meus medos mais profundos.

Eu preciso de um louco, um daqueles que eu nunca tive.

Alguém para cuidar de mim.

E que eu me apaixone um pouco mais enquanto durmo.

Um louco que me abraça. E meus medos desaparecem.

E o tempo pode parar.

Eu preciso de um louco para me fazer perder o equilíbrio.

Os que eu me apaixonei só queriam fugir.

Isso, eu me conheço muito. E sei o quanto eu temo me apaixonar.

Alguém que vem cantar pra mim bêbado. Porque ele não podia esperar para me ver em sua ressaca.

Um louco que me traz flores. Porque eu lembro a todas que ele vê.

Um louco que me apaixono o tempo todo. E meu sorriso pode ser sua única recompensa.

Alguém para me lembrar o que o amor é. Alguém que não era louco até que, me conheceu.

A magia de um relacionamento está em tudo que você pode transformar, então é importante que, se vamos amar, seja completamente.

**Com informações de Cultura Colectiva. Livremente traduzido e adaptado por: Redação RESILIÊNCIA HUMANA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia