Eu decidi “Grisalhar” e foi uma escolha transformadora!

Gisella Baptista
eu-decidi-grisalhar-e-foi-uma-escolha-transformadora

Eu decidi “Grisalhar” e foi uma escolha transformadora! No tema da autoaceitação, a mulher tem uma estreita e poderosa relação com seu cabelo.

Passa por fases durante a vida, como o repúdio total, o anseio de que ele fosse diferente, a frustração de tentar mudá-lo com todas as químicas possíveis, o arrependimento ao perceber certos estragos, o descaso com a aparência por estar tão cansada, o desespero de ficar refém da tintura, até chegar à plena aceitação e gratidão por ter cabelos.

Cada fase tem muitos impactos emocionais porque de alguma forma o cabelo ficou associado à sensualidade, a feminilidade, à vaidade e ao poder, chegando a ser compreendido como parte da identidade de cada uma.

O fato é que grande parte desses processos surgem de fora, de opiniões alheias, da forma como nos são apresentados os conceitos de beleza, perfeição e autocuidado.

E na esteira do autoconhecimento e do crescimento espiritual vamos modificando essa relação, repensando aquilo que realmente nos representa, construindo nossos conceitos, ampliando e aprofundando o olhar.

E pode ser que em dado momento nos surpreendamos com a vontade de experimentar algo novo.

Assim foi comigo e com muitas mulheres durante essa quarentena!

Surgiu o desejo de conhecermos nossas luzes naturais, nos entregando ao processo de grisalhar, numa descoberta muito diferente, que traz um exercício de paciência com o tempo necessário para essa transição e uma alegria ao acompanhar outras mulheres que sentiram o mesmo chamado.

Independentemente de ser uma escolha definitiva, de eventualmente preferirmos o visual prateado ou não, o simples fato de nos permitirmos EXPERIMENTAR, acolhendo com amor todos os olhares reprovadores, com a coragem interna de seguirmos adiante e sorrindo para um novo padrão de beleza, mais alinhado com nossas almas, já é transformador!

É a escolha da liberdade de seguirmos nossos próprios caminhos, com RESPEITO e AMOR aos demais, mas especialmente os dedicando a nós mesmas.

*Foto de Lucas Fiorentin no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Gisella Baptista
“Me formei em Direito, amadureci com a Maternidade em Tempo Integral, transbordei com a Escrita e me encantei com o Terceiro Setor, antes de me realizar como Consteladora Familiar. Agradeço por estar na missão de trazer autoconhecimento, respeito e amor a cada pessoa que encontro nesse caminho. Sempre do meu lugar de pequena, honrando o meu sistema e o de todas elas❤️ “