Estudo relaciona cor do cabelo com inteligência e revela a verdade sobre loiras

Resiliência Humana

Essa história de que loiras são burras é uma grande mentira. Para provar, um teste de QI foi feito com mais de 10 mil jovens americanos. O resultado mostrou que pessoas com cabelos loiros até pontuaram mais do que de outros grupos, como o de pessoas morenas e ruivas.

Loiras são mais inteligentes


O estudo realizado pela Universidade de Ohio, dos Estados Unidos, revelou que as notas de loiros tiveram uma média de três pontos a mais do que a de ruivos e morenos.

“Pesquisas mostram que estereótipos costumam ter impactos em contratações, promoções e outras experiências sociais. O nosso estudo reuniu evidências de que não deveria existir nenhuma discriminação contra loiras baseadas em sua inteligência”, explica Jay Zagorsky, autor do estudo.


Ainda que haja controvérsias, já que a amostragem pode não ter sido equilibrada e é relativamente pequena se comparada com a quantidade de pessoas que existe no mundo (em torno de 7 bilhões), não é a primeira vez que o teste foi feito.

Existem outros dois estudos que chegaram à mesma conclusão. Um deles, segundo Zagorsky, foi feito pelas Forças Armadas Americanas em 1985. Outra pesquisa, ainda, mostra que os genes responsáveis pela cor do cabelo não afetam o cérebro e não interferem na personalidade da pessoa. “O mecanismo genético que determina o cabelo loiro não altera a biologia de nenhuma outra parte do corpo”, disse o líder deste estudo, David Kingsley.

FONTEVix
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS