Estudo afirma: pessoas que se cercam de plantas são mais felizes e vivem mais

Resiliência Humana

Quando foi a última vez que você foi passear no parque? Uma pesquisa apoiada pela Harvard TH Chan School of Public Health e Brigham Women’s Hospital descobriu que pessoas que se cercam de plantas e estão constantemente na natureza vivem mais tempo.

Levou oito anos para os pesquisadores concluírem o estudo que constatou que Passar o dia cercado de vegetação aumenta a longevidade.

A natureza oferece uma grande oportunidade para engajamento social e atividade física, e as florestas são menos poluídas do que o seu bairro, não é mesmo?

As plantas têm um impacto benéfico na saúde mental e diminuem o risco de depressão.

Mas, se você não tem tempo suficiente para caminhar no parque ou não gosta de caminhar, você deve definitivamente manter plantas de interior na sua casa. Isto irá melhorar a sua produtividade, purificar o ar e baixar a sua pressão arterial.

De acordo com Peter James, pesquisador associado do Departamento de Epidemiologia da Harvard Chan School, a vegetação reduz as taxas de mortalidade.

Como prevenir a depressão? Certifique-se de que há muitas árvores e flores ao seu redor.

As plantas reduzem o risco de problemas respiratórios e câncer.

O estudo descobriu que as mulheres que vivem cercadas por vegetação têm 34 por cento menor risco de morrer por problemas respiratórios e 13 por cento menor risco de morte por câncer.

Palavras finais

As plantas diminuem a mortalidade e ajudam você a ser mais ativo. Elas filtram produtos químicos e aumentam sua saúde mental. A vegetação atenua os efeitos das mudanças climáticas e otimiza sua saúde geral.

Você pode usar algumas plantas para purificar o ar em sua casa como Aloe Vera, lírio da paz, planta de aranha, planta de cobra, jasmim e lavanda são ótimas opções. Aproveite a natureza para cuidar da sua saúde.

Fontes:
mysticalraven.com
fashionjournal.com.au

***
Tradução e adaptação REDAÇÃO RESILIÊNCIA HUMANA. Via Healthy Food House

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia