Então você chegou, eu te chamei de amor!

MARIAH ANDRADE

Não era para entender, era para ser, então em um dia perdido ali estava você, ainda posso ver o brilho do seu sorriso se misturando ao brilho do sol no entardecer, em minha cabeça um só pensamento: tinha que ser você!

Não tínhamos nada em comum e as vezes até deixamos transparecer que nós não falávamos a mesma língua, e por falar em línguas, elas se entenderam incomutavelmente já no primeiro beijo.

Quisera eu por muito tempo entender o sentido da vida, mas estando com você tudo se descomplicar, tudo tem o dom da alegria, tudo se faz imenso e infinito, parece que o para sempre, realmente nunca acaba.

Com você tudo é tão natural e tão reciproco, que resolvi te chamar de Amor!

Mas você não é qualquer amor, é amor que se sente, quando se acorda e olha em sua volta e não sabe o que fez para merecer tanta cumplicidade e paz. Estar ao seu lado, faz meu mundo girar sem que seja preciso sair do lugar.

Sem falar dos momentos, nos quais passamos horas e horas, nos olhando sem dizer uma só palavra, neste instante eu percebo o quanto você me completa e repito a mim mesma se você não tivesse chegado eu viajaria por todos os quatro cantos do mundo, até conseguir ir ao seu encontro, só para lhe dar um abraço e quem sabe nunca mais deixar você partir;

Então se tiver que enganar alguém, engane o tempo, para que possa roubar dele mais horas para estar ao meu lado.

Se pensar em desistir de algo, desista da ideia de que pode ser feliz sem está ao meu lado;

Então eu te chamei de amor no meu dicionário desconcertado e inventado, mas certamente lhe caberia perfeitamente a palavra felicidade.

E por fim você chegou…

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




MARIAH ANDRADE
Sempre que perguntam como ela se tornou escritora, Mariah responde: “Escrever livros é uma benção, um milagre. Livros é a forma que Deus deixou para que pessoas mais sensíveis conseguissem se comunicar com seu mundo interior e exterior, buscando ter uma vida cheia de sentimentos e verdades, ao qual nunca saberemos ao certo o que é realidade e o que é fantasia, mas feliz em saber que sua mensagem será entregue ao mundo mesmo depois que deixar de existir.”