Ensina-me a ficar, porque sobre ir embora já me ensinaram tudo!

Resiliência Humana

Ensina-me a ficar, porque sobre ir embora já me ensinaram tudo!

Aqui estou com minha melhor disposição e também com minhas cicatrizes na sua frente. Esperando simplesmente que você fique comigo.

Eu já deixei a vida de muitos, geralmente voluntariamente, mas sim, por que negar, um ou outro me acompanhou até a saída.

Meus relacionamentos tiveram de tudo, de bom e ruim. Eu ri, chorei, eles me machucaram e eu machuquei, eles me fizeram perder a fé no amor mais de uma vez e corajosamente decidiram me dar outra chance.

Também estive sozinho, gostei, por que mentir … às vezes me senti tão bem sozinho que temi nunca mais querer ficar com alguém. Mas coisas como agora acontecem, me vejo nos olhos de alguém que eu presumo especial e algo em mim quer novamente, algo em mim brilha novamente e eu simplesmente desejo que alguém possa se integrar à minha vida como minha mente imagina.

Mostre-me como ficar

Eu me imagino com você durante as minhas noites e acordando ao meu lado, me fazendo sentir que de alguma forma algo de mim pertence a você … Sim, eu conheço apenas o meu, mas eu desejo que alguns de mim fiquem tão dentro de você, que nos separar não seja uma opção.

Eu não quero que você tenha medo, e eu fico com medo de você.. Não quero ser intenso … Mas os anos me ensinaram a ser um pouco ousado. Agora me mostro como sou, para não ter surpresas posteriores. Eu quero que você saiba o que eu gostaria de viver com você, porque os detalhes, eu quero que nós os criemos dia após dia …

Já parti muitas vezes, sei o que é ter que deixar coisas sobre mim onde talvez nunca devesse colocá-las. Eu sei o que é ter que reconhecer que não era possível, seguir tentado, às vezes pouco, às vezes muito, mas não podia. Eu sei o que é coletar entre lágrimas pedaços de vida que vemos incompletos, o que é não saber o que fazer com as fotos, com as mensagens, com as memórias … posso dizer-lhe que é inútil tentar apagá-las se um sentimento ainda estiver presente.

Você me fez deparar com uma versão estranha de mim, que ainda não sei se é a melhor ou a pior … só sei que é uma versão que deixou de acreditar em muitas coisas, que não espera que alguém mude por amor, que não está disposto a negociar sua paz, ou suportar qualquer tipo de abuso e que, diante de qualquer ação que ameace sua integridade, ele escolherá partir … Porque aprendi a me cuidar e até me defender …

Por outro lado, essa versão de mim está disposta a dar o que é necessário para que você sempre me queira em sua vida, disposta a preenchê-lo com detalhes e está ansiosa para aprender uma nova maneira de amar, que cuida e constrói um futuro para dois … para você e eu.

*Via Rincon del Tibet. Tradução e adaptação REDAÇÃO Resiliência Humana.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia