Em busca de si mesmo.

Karen Padilha

A busca de si mesmo.

Você já parou para se perguntar mesmo em meio a tantos outros questionamentos que todos temos , qual é a maior e mais importante busca da sua vida?

Existem pessoas que levam a vida inteira para tentar descobrir isso e não conseguem, talvez porque estivessem procurando o tempo todo coisas fora de si.

Eu passei algum tempo buscando por respostas que na verdade estavam o tempo todo mais perto do que eu poderia imaginar. Dentro de mim.

Desperdiçamos nosso precioso tempo procurando por coisas que imaginamos que irá nos fazer sentir melhor em outras pessoas, lugares, até mesmo em remédios que podem nos tornar dependentes e ainda piorar a situação .

Deixe-me lhe contar a minha experiência que talvez seja o que você precise para finalmente encontrar essa resposta, essa busca.

Todos temos uma meta, porém a qual estou me referindo é a meta final e maior de qualquer psique que é o conhecimento do próprio self e a maior realização que podemos experienciar é a autorealização do self.

Você talvez esteja se perguntando, ” mas o que é self”?.

Para Carl Jung que foi um psiquiatra e psicoterapeuta suíço; responsável por fundar a Psicologia Analítica, self é nada mais, nada menos do que a busca por si mesmo, pela sua verdadeira identidade. Self é o verdadeiro SER do ser humano.

”O Self não é apenas o ponto central, mas também a circunferência que engloba tanto a consciência como o inconsciente. Ele é o centro dessa totalidade, do mesmo modo que o ego é o centro da consciência. (Carl Gustav Jung; Psicologia e alquimia – § 44).”

Ao desenvolver o self você estará entrando em contato com sua verdadeira essência.

Vou listar abaixo algumas frases de Jung para melhor reflexão .

“Aquele que olha para fora sonha. Mas o que olha para dentro acorda”.

”Sua visão se tornará clara somente quando você olhar para dentro do seu coração.”

”Só aquilo que somos realmente tem o poder de curar-nos.”

“Sua percepção se tornará clara somente quando você puder olhar para dentro de sua alma.”

”Nenhuma circunstância exterior substitui a experiência interna. E é só à luz dos acontecimentos internos que entendo a mim mesmo. São eles que constituem a singularidade de minha vida.”

” Ninguém se ilumina imaginando figuras de luz, mas se conscientizando da escuridão”.

Todas essas frases tem como objetivo despertar nossa consciência para o que realmente importa, a busca para entrar em harmonia e aceitar quem somos verdadeiramente, conhecermos nosso self . Ninguém pode fazer isso por nós.

Tendo isso em mente podemos dizer que o desenvolvimento em direção e conformidade com o self, propicia ao homem:

Um aumento de consciência sobre si mesmo e tudo que o cerca.
Uma percepção mais aguçada sobre tudo.
Melhor compreensão e sabedoria da vida.

“‘Vê’, disse, ‘eu sou aquilo que sempre tem de superar a si mesmo’”.

– Assim falou Zaratustra, Nietzsche .

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Karen Padilha
Sou Karen Padilha natural de Cotia-sp , formada em Introdução a Filosofia ( University of Edinburg – Londres), Introdução a Psicologia ( University of Toronto), Origens da vida no contexto cósmico (USP) e Inglês ( Mayfair School of English- Londres). Áreas como filosofia, psicologia e astronomia são fontes de inspiração para meus projetos. Recentemente acabo de publicar meu primeiro livro , ‘’ O que fizeram de mim? Reflexões sobre traumas e transformações” , pela editora novo século , na categoria de Talentos Da literatura Brasileira. Escrevo para o site ‘’ O Segredo’’, ‘’Kacosmic.com’’, ‘'Entrelinhas literárias’’ e ‘’ Academia do Aprendiz’’. Minha Página no facebook chama ‘’ YOUNIVERSE’’ , meu facebook pessoal ‘’ Karen Padilha’’ e meu instagram ‘’Karenppadilha’'.