É o caco de vidro que tem inveja do diamante.

Luciano Cazz

Você é muito precioso(a) para se rebaixar aos invejosos. O mundo é feito de pessoas que são o que são e aquelas sem personalidade. Escolha o lado mais valioso.

É o caco de vidro que tem inveja do diamante.

Pessoas felizes e bem resolvidas não têm espaço dentro de si para a inveja. Elas esbanjam otimismo, empatia e procuram ser uma mola impulsionadora no sucesso e na alegria do outro. Já o invejoso é uma pessoa pobre de espírito ou com baixa autoestima. Por isso o triunfo de um bom amigo pode lhes doer como uma facada no coração. É nesse sofrimento causado pelo sentimento de inferioridade e inadequação perante os bons feitos e as qualidades alheias de onde é proveniente o típico comportamento de um invejoso. Tenha cuidado porque eles irão:

1. Falar mal de você

Maldizer o outro descarrega frustração, mas não é um alívio da alma porque é uma falsa sensação de segurança. Funciona como uma droga. Despeja maledicências aqui, ameniza a angústia ali, e logo a sensação de fracasso retorna com a necessidade de falar mal. Como um ciclo vicioso de energia negativa e eterna sensação de infelicidade.

2. Tentar boicotá-lo

Não espere uma oportunidade das pessoas que lhe invejam. Pelo contrário. Adicione um pouco de maldade à inveja e você entenderá a fórmula espontânea de um inimigo. Eles baterão com a porta na sua cara, ou irão empurrá-la disfarçadamente com o pé para dizer que foi o vento. As pessoas invejosas fazem isso para evitar a dor que o seu sucesso causará nelas.

3. Roubar seus espaços

Os invejosos são ardilosos ao disputar espaços no trabalho, na vida de alguém e até no sofá. Impacientes, consomem-se de angústia até tomarem seu assento, uma amizade ou a simpatia do chefe. E, muitas vezes, alcançam seu objetivo com uma rasteira pela frente ou covardemente pelas costas. Não conseguem criar seus próprios objetivos e passam a querer o que é dos outros.

4. Diminuir suas conquistas

“Foi sorte” é a frase mais usada por um invejoso. Tentam provar que você fez não tem valor. Desperdiçam tempo menosprezando seus esforços, seu trabalho duro e seu brilho, mas no dia seguinte estão tentando fazer a mesma coisa. Eles sofrem assistindo você brilhar. Transformarão sua coragem em irresponsabilidade, sua simpatia em chatice. E dificilmente rirão das suas piadas.

5. Revelar-se através do que falam de você

Muitas vezes, os invejosos interpretam você, como um reflexo do que eles mesmo são. Questionam seu caráter ao ver em você a má intenção que, de fato, é deles. Julgam-lhe folgado baseados no próprio desejo de se darem bem sem esforço algum. E quando se juntam com outros invejosos criam uma realidade virtual de que você não é legal, nada mais do que o reflexo da própria pobreza de espírito da inveja.

6. Criar intenções que não existem em você.

Você sai e a porta bate com o vento. O invejoso vai inventar uma intenção para que você a tenha batido de propósito levantando antipatia contra você. Portanto, fique atento, se a inveja for grande você estará condenado ao pior julgamento sobre algo que jamais pensou em fazer. Porque o invejoso tem uma personalidade fraca, é manipulador e mentiroso.

7. Fingir que são amigos

E, apesar da necessidade de lhe desvalorizar, de todo boicote e fofoca, os invejosos ainda dirão que se importam com você. E pode até ser verdade, se lá no fundo essa rivalidade toda não passar de um desejo inconsciente de ser você.

Ninguém inveja gente sem importância. Por isso, da próxima vez que cruzar com um invejoso, olhe bem no fundo dos olhos dele e diga: “Me ame menos, por favor!” Afinal, é o caco de vidro que tem inveja do diamante.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Luciano Cazz
"Luciano Cazz é publicitário, ator, roteirista e autor do livro A TEMPESTADE DEPOIS DO ARCO-ÍRIS." Quer adquirir o livro? Clique no link que está aí em cima! E boa leitura!