A dor da alma não é curada com dinheiro, fama, influência ou poder. A dor da alma, castiga e pode matar.

Wandy Luz

As pessoas entendem muito de felicidade… mas não sabem nada de tristeza.

O número de suicídios, aumenta a cada dia mais. Milhares de anônimos, dos quais nunca ouvimos, nem ouviremos falar cometem atos desesperadores todos os dias.

Mas o que me chama a atenção, é o fato de que, quando isso acontece com pessoas famosas todos se compadecem, lamentam e questionam, indignados de como alguém que aparentemente tem tudo, possa não querer mais viver?

Muitos não sabem que a questão não é o que eles têm, mas sim o que lhes falta.

Famosos ou anônimos, homens ou mulheres, jovens ou adultos, pessoas com muito dinheiro, ou sem dinheiro nenhum, não importa. A dor da alma não é curada com dinheiro, fama, influência ou poder. A dor da alma, castiga e pode matar.

As pessoas se preocupam com tantas coisas irrelevantes, e acabam se apegando somente ao externo. Querem conquistar tudo ao mesmo tempo, apertam o passo, correm de um lado para o outro, e se esquecem de cuidar do nosso bem mais precioso, nossa saúde mental.

Viver em paz e ter plenitude na vida deveria ser nossa prioridade, porque nem carro na garagem, o apartamento quitado, a graduação, a pós graduação, o relacionamento perfeito, o corpo dos sonhos, e uma família que te de suporte, poderá te salvar quando a sua alma está em chamas, quando a dor é invisível, mas letal, quando a depressão te acorrenta e a ansiedade te sufoca.

Por isso cuide da sua sanidade mental, procure encontrar e permitir a paz do seu espírito, porque sem isso, nada externo ou material dará sentido a uma existência vazia, e uma alma doente. Se cuide e se trate com muito amor.

Se a sua alma dói, salve-se enquanto ainda existe tempo.

As vezes precisamos nos salvar de nós mesmos, porque acabamos mesmo sem querer nos tornando nosso pior inimigo.

Então lembre-se de cuidar com muito amor e carinho, da pessoa mais importante da sua vida: você!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Wandy Luz
Jornalista, colunista, filha do Universo e amante da liberdade. Um ser humano que se encanta a cada dia mais com os mistérios da vida e suas dimensões. Escrever pra mim é desejar e eu desejo que seu espirito seja livre e a alma plena. Que o sonhar traga esperança e que a dor traga entendimento. Em minha jornada fiz como missão questionar e explorar os mistérios desse segredo que e viver.