Diga-me se valeu a pena tudo o que você se preocupou ontem

Resiliência Humana
    Quando dizemos ontem, nos referimos a uma janela de tempo associada ao passado, que não necessariamente tem que corresponder com a de ontem … Embora também se aplique.

Por: Sara Espejo

Nossas preocupações podem se tornar uma reação natural a qualquer situação que tenhamos que enfrentar, mesmo aquelas que só enfrentaremos em nossas mentes, porque elas nunca acontecerão.

Certamente, uma atitude relaxada em relação à vida e a seus processos não é a coisa mais natural a se ver no comportamento humano.

Somos capazes de gerar dramas antecipando o futuro de forma fatalista, imaginando os piores resultados possíveis.

Caso não bastasse muitas vezes, protegemos essa atitude na ânsia de ter todos os cenários potenciais cobertos, mostrando-nos como seres previsíveis, responsáveis ​​e planejados.

Ela é vencida e perdida, é levantada e abaixada, nasce e morre. E se a história é tão simples, por que você se preocupa tanto? – Facundo Cabral

No entanto, o que fazemos é desconectar de nosso ser natural e começar a concentrar em coisas que não nos fazem sentir confortável e o pior é que nós criamos em nossas mentes e como bons criadores, acabamos manifestando em nossas vidas.

Isso tem nos roubado paz de espírito, podemos interferir e criar o nosso futuro e não trazer nada de positivo, ou seja, razões para se preocupar …

Você consegue se lembrar quando foi a última vez que você se importou seriamente sobre algo e o pior cenário só existia em sua mente?

Certamente algo que você localizará em suas memórias e talvez possa te dar a razão de que:

Preocupar-se sozinho é um desperdício de energia e uma perda de tempo.

Pode parecer difícil simplesmente esperar pelo melhor resultado possível, sem ter que percorrer mentalmente as múltiplas opções que diferem daquilo que gostaríamos que acontecesse. Mas garanto que é a melhor opção.

Não tendo nada com que se preocupar, você não poderia mesmo impedir que algo aconteça porque você teria imaginado em todos os casos só o lado bom, se você pode predispor sua mente para recebê-lo…

Tudo em que nos concentramos, atraímos … Então, continuaremos a alimentar opções que não queremos em nossas mentes?

Vamos aprender a olhar para o futuro, confiantes de que a vida esta a nosso favor e de que podemos sempre aproveitar ao máximo o que acontece, com uma boa atitude.

Aprenda a respeitar a sua calma, para apreciá-la, promovê-la, sem ter que roubar espaço com ideias perturbadoras, que refletem nossos medos … tente substituir esses medos por fé, fé em nós mesmos, a fé na vida e seus processos, a fé na inteligência divina, isso sempre nos levará a portos seguros, mesmo quando nossa consciência não estiver pronta para entendê-lo.

Situações complicadas podem estar na ordem do dia, mas será nossa atitude que fará a diferença.

**Tradução e adaptação REDAÇÃO Resiliência Humana. Com informações de Rincon del Tibet.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia