Diferenças óbvias entre namorar um menino e sair com um homem

Iara Fonseca

Existem uma infinidade de diferenças que podem ser apontadas e que revelam se estamos namorando um homem ou um menino. E a maioria delas são tão escancaradas que só escolhe namorar um menino quem decide, mesmo que inconsciente, mergulhar em eterno descontentamento.

O mais triste de tudo isso é que um menino, nunca conseguirá te fazer feliz, independente da idade que ele tenha, ele sempre será um menino, sempre precisará de colo e não saberá te dar o colo que você precisa. Mas um homem, esse sim, mesmo sendo mais novo cronologicamente, demonstrará com atitudes, que a felicidade dessa união, é a sua prioridade.

Darei alguns exemplos práticos:

Quando namoramos um menino ele chega e diz: “Sabe aquele empadão da minha mãe, sei que você não vai conseguir fazer igual, mas quero que você aprenda!

Quando namoramos um homem ele chega e diz: “Sabe aquele empadão da minha mãe, eu aprendi como faz e quero fazer para você! Tem cheiro de infância, mas gosto de maturidade!”.

Ao sair com um menino logo nos deparamos com a frase: “Você vai com essa roupa?”, ou pior, “Você está parecendo uma mulher da vida com essa saia”.

Ao sair com um homem a situação muda um pouco de figura, ele nos olha, e diz: “Você é a mulher mais bonita da festa”, ou melhor, “Você é tão linda que qualquer roupa cai bem em você”.

Homens não se preocupam com detalhes insignificantes e não abrem a boca para proferirem palavras que nos deixarão tristes ou desmotivadas.

Meninos sim, consomem ignorâncias no café da manha, e no decorrer do dia preferem conversar “desimportâncias”.

Homens, agregam, somam, trazem assuntos interessantes e adoram adquirir conhecimentos para nos auxiliar em nossos projetos e sonhos.

A frase de ordem de um homem é:

Em que eu posso te ajudar?

Meninos, sempre possuem uma evidente fragilidade emocional, que nos consome as energias e nos leva a expressar o nosso pior lado.

A frase de ordem de um menino é:

“Não sei como posso ajudar e se soubesse, não poderia, estou cheio de compromissos inadiáveis”.

Um homem de verdade nunca te deixa na mão, ele é muito ocupado, mas sabe se fazer presente, e te faz sentir especial, sem mesmo precisar te dar nenhum presente ou presença.

Com gestos simples ele dá conta do recado.

Uma marcação em um texto legal em uma rede social, uma dica que havia passado despercebida por você e que te trará grandes resultados em seu trabalho.

Um conselho adulto para uma dificuldade que vem enfrentando no âmbito familiar… Entre muitas outras coisas que só um homem de verdade tem a capacidade de fazer.

Um menino, ah, o menino não perde tempo com o que ele acha ser “bobagem de mulher”. Me restrinjo a dizer isso.

Quando namoramos um homem, ele valoriza a nossa sensibilidade e principalmente a nossa intuição. Quando falamos que algo está nos incomodando, ele para, escuta, e pensa como poderá contribuir para que a situação melhore, para nós, e para ele.

Mas quando escolhemos namorar um menino, o quadro é outro. Ao primeiro sinal de queixa da nossa parte, ele some, e reaparece depois de uns dias, na esperança de que o nosso humor tenha mudado. Porque na concepção de um menino, estamos fazendo “drama”.

Um homem de verdade é carinhoso, atencioso e prestativo.

Um menino, geralmente é agressivo, displicente e preguiçoso.

Quando escolhemos namorar um homem, aprendemos que o amor de verdade existe.

Mas quando namoramos um menino, nos tornamos descrestes, e mergulhamos em um desamor perigoso.

Um homem, já foi um menino um dia, mas sabe que esse menino ficou lá atrás, quando ele decidiu cortar o cordão que o prendia a figura materna, e que o deixava ligado a situações que o impediam de crescer.

Um menino que já possui idade suficiente para se tornar um homem, mas que ainda não se mostrou capaz de se desligar da infância, com certeza, te trará problemas infantis e nunca se responsabilizará pela própria família, pelo contrário, fugirá ao primeiro sinal de compromisso, e correrá feliz para os braços daquela que ele acredita ser o seu verdadeiro e único amor: A sua mãe!

Agora que você sabe quais são as diferenças entre eles, espero que não caia na besteira de namorar um menino nunca mais, porque acredito que a maioria das mulheres já tenham encontrado um menino pelos caminhos da vida, e se já encontraram, também já se arrependeram de terem o escolhido.

Namore um homem e nunca mais cairá na besteira de se entregar para um menino!

Errar é humano, mas persistir no erro, é burrice!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!