Derrotas são boas oportunidades de crescimento

Gabi Barboza

E diria ainda: boas não e sim, belas oportunidades de crescimento. Não só as derrotas, como as decepções, os erros, os caminhos mal escolhidos, o fracasso. Todo planejamento que fazemos e acaba não dando certo, é uma oportunidade de crescermos como seres humanos.

De fato, algo que não depende só de nós, tem chances de não sair como esperávamos. Não significa que somos menos, que planejamos errado, que escolhemos a pessoa errada. Pode ser esses motivos ou não.

Se é possível entender onde foi erro, é momento de análise e planejar de novo. Mas se não há como saber o porquê de não ter ido bem, deixe de lado. Cury ensina que devemos usar as nossas derrotas como escada para atingirmos o sucesso.

A frase é linda, sem dúvidas. E bem forte. Mas na prática, quando as derrotas vêm sobre a nossa vida, muitas emoções entram em jogo:

– O orgulho que pode não te permitir assumir o erro, se foi seu;
– A intolerância consigo mesmo que poderá te colocar pra baixo;
– O ego que te fará brigar por algo que não deve mais se desgastar;
– A vontade de vingança que só atrasará a sua vida;
– O desanimo que poderá te dizer “ não tente mais, desista”;
– Pensamentos sabotadores que repetirão “você não é capaz”;
– Outros mais.

Mas é aí que você, sabendo que as derrotas são boas oportunidades de crescimento, age a seu favor. Crescemos com os erros se sabemos avaliar cada um e nos tornar melhores.

O emprego que você tanto sonhou, conseguiu, mas acabou sendo demitido. Pergunte a si mesmo se teve culpa nisso. Caso tenha, reveja suas atitudes e não repita para o próximo. Pois você vai conseguir outro.

Se não foi algo que você tenha responsabilidade, agradeça e siga a procura. Pensamentos sabotadores virão. É assim mesmo. Mas basta você rebater um a um. Derrota não é sinal de fim da linha e sim, de barreira nela a ser vencida.

E um caminho melhor virá! Vale chorar, vale comer brigadeiro, vale querer fugir. Tudo isso é normal. Somos seres humanos, cheios de emoções. O que não vale é parar por uma derrota.

Achar que não é capaz ou coisa assim. Você é uma pessoa incrível! Única e cheia de vida. Novas oportunidades virão! E você vai olhar pra trás e pensar “que bom que daquela vez não deu certo, porquê agora sei bem como fazer para tudo correr bem!”.

Lembre-se de quantas situações complicadas você passou e venceu. Seja forte e vá em busca do que quer. Com a experiência na bagagem de mais uma derrota, você é alguém mais forte ainda.

Nem todos os conselhos dos nossos pais e avós juntos são comparáveis ao que aprendemos com a vida. Com nossos erros, com nossas derrotas. Isso é algo louvável! Que bom que podemos errar! Nessa vida somos eternos aprendizes.

Use essa derrota como degrau, vá lá e vença mais um obstáculo.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Gabi Barboza
É graduanda em Psicologia, tem 32 anos. Como o que faz o mundo dela girar, são as pessoas, trabalha com Recursos Humanos. É mineira, bem casada com um Gaúcho lindo. Mora em Porto Alegre desde 2012. Está sempre lendo e ama escrever. Se sente rica, por ter vários livros em uma estante que é o seu tesouro. Ama se engajar em causas sociais, crê que a única coisa que levamos desse mundo, é o que plantamos. E que as boas obras, são fundamentais.

COMENTÁRIOS