Deixe que os milagres Deus irá lhe conceder. Mas faça sua parte.

Luciano Cazz

O universo é vasto e inexplicável. Bilhões de planetas espalhados pela a imensidão de um céu sem fim. Não entendemos a razão de toda essa existência, mas é inegável a perfeição funcional dessa infinita quantidade de estrelas que flutua no nada do espaço.

E quem criou tudo isso? Deus, sim. É o nome que damos a esse designer supra inteligente que encaixou cada partícula que paira sob seu manto criacional para que tudo tivesse forma.

Apesar de misterioso, nosso Planeta Terra é uma obra prima. Ele é o único, pelo até hoje, capaz de abrigar a vida humana. Há uma combinação físico-matemático-química absurdamente perfeita para que a Terra tenha condições habitáveis. Seu tamanho, a distância para o sol, seus movimentos que geram o dia e a noite e as estações do ano, essenciais para a nossa sobrevivência. Todo ano, o nosso planeta inclina de um lado para o outro, variando as estações como um pêndulo, que nós humanos estamos em cima e nem sequer sentimos mexer.


E apesar de obras magníficas que Deus fez para que a gente pudesse viver bem no nosso planeta, Ele não espera muito da gente, não. Apenas que cuidemos de sua criação. Por isso, para que tenhamos verdadeiramente Deus em nosso coração, são necessárias somente 3 atitudes:

1. Cuidar da natureza

Além do oxigênio, a perfeição das cadeias naturais que o ambiente nos oferece também nos garante a vida. Na natureza, encontramos desde água, ao alimento que nos dá energia e até o remédio que nos mantém vivos. Suas cores, seus tipos e seus sabores formam uma gama enorme de sustentação da vida humana e, por isso, a Natureza tem importância vital para o desenvolvimento da vida em qualquer planeta do universo. E nosso papel é cuidar essa Natureza, fonte de vida. Na verdade, ela se expande sozinha nas leis de Deus. Precisamos apenas respeitá-la para que nossa fauna e flora mantenha seu desenvolvimento. Gestos simples como reciclar, não poluir o ambiente ou desmatar nem desperdiçar água são fundamentais para nossa relação com o Criador. O trabalho que Ele teve para criar uma natureza tão rica e completa apenas aqui nesse planeta faz com que seja ínfimo o cuidado que o universo exige da gente para com as riquezas naturais. Portanto, mãos à obra, pois, respeitar a natureza é respeitar Deus e sua criação.

2 – Cuidar do próximo

O outro também é uma criação divina e cuidar dele significa não só cuidar do nosso planeta como também da existência do nosso mundo. As atitudes do próximo influem diretamente no funcionamento da Terra. Se alguém é abandonado em sua pobreza financeira ou de espírito, o planeta inteiro responderá por isso, porque a energia de uma vida sofrida paira no universo e não atrai positividade para ninguém. Veja bem, a decisão de uma só pessoa é suficiente para destruir o planeta inteiro, portanto todo mundo é importante. O que devemos fazer é ajudar as pessoas a escreverem lindas histórias de vida, de superação, de volta por cima, resiliência e amor. Vamos abrir portas para os outros, mesmo que a gente não ganhe nada com isso. Vamos ajudar o próximo a conquistar seu sonho ou estender a mão em um momento de dificuldade. Vamos fortalecer essa ligação que existe entre os corações de toda a humanidade, que traduz o fato de todos nós sermos resultado da criação de um mesmo Deus. Afinal, cuidar do outro é muito mais do que generosidade, pois, ser caridoso é cuidar do seu próprio mundo.


3 – Cuidar do seu corpo

A nós, foi dado um corpo perfeito. Através dele podemos ver, escutar falar. Os 5 sentidos que trazem magia a nossa vida, enquanto o nosso cérebro, que guarda tudo o que vivemos, é, até hoje, um mistério para ciência, tamanha complexidade que esse Arquiteto da vida o criou. Mas, apesar das limitações do nosso corpo, ele tem papel fundamental para a nossa existência: é a morada que Deus deu a nossa alma, por isso, todo corpo humano é sagrado. E como tudo que é sagrado, devemos trata-lo com zelo e muito respeito. A começar pela alimentação. Evitar extravagâncias, mas sem o peso da obrigação. Podemos nos dar o prazer de comidas e, ao mesmo tempo, ter opções mais saudáveis. Equilíbrio é a chave. Praticar esportes também ajuda e muito no bom funcionamento da matéria que Deus nos deu para habitar esse mundo. Portanto, coloque ação na sua vida, mesmo que seja apenas uma caminhada e mantenha corpo e mente saudáveis. Preservar o corpo da promiscuidade também é uma forma de mantermos o respeito a algo tão sagrado que Deus nos deu. O único momento que somos sócios Dele, é na criação de uma nova vida. Por isso, tenha cuidado com seu corpo, ele não é qualquer coisa para cair nas mãos de qualquer um. Faça amor, não faça guerra. Já expor nosso corpo a substâncias nocivas é um atentado à morada que Deus deu a nossa alma. E mais do que desrespeitar nosso próprio corpo, é uma forma de ódio contra si mesmo, resultado de uma personalidade autodestrutiva. Portanto, seja grato pelo seu corpo e dê a ele o cuidado que merece, afinal, nossa alma só está aqui para cumprir sua missão, graças a ele.

Deus é o senhor da existência, Ele que nos concede as bênçãos, os milagres e os livramentos. Por isso é fundamental que estejamos alinhados com universo para que alcancemos nossas graças, afinal de contas, a decisão final é e sempre será Dele.

“Eu vos ofertei um mundo perfeito, rogo apenas que caminhem com zelo pela tríade de Minha criação, à qual Eu consagro tanto amor: o ambiente onde as almas se materializam, a vida dos teus semelhantes e a concretude do teu próprio ser.”

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Luciano Cazz
"Luciano Cazz é publicitário, ator, roteirista e autor do livro A Tempestade depois do Arco-íris."

COMENTÁRIOS