Cura emocional: quão traumático pode ser um episódio a ponto de não ser superado anos depois?

Resiliência Humana

Segundo um estudo os seres humanos possuem um “computador” capaz de guardar memórias como imagens, sons e sensações.

No decorrer da vida, as pessoas passam por uma série de situações que causam dor e sofrimento, gerando traumas emocionais que afetam o comportamento e pensamento do indivíduo. Muitas vezes, de forma inconsciente, as pessoas carregam os efeitos desses traumas para o resto de suas vidas, adotando comportamentos e padrões limitantes que impedem uma vida mais saudável e equilibrada.

Sintomas apresentados por pessoas com traumas psicológicos

Ansiedade;
Depressão;
Dificuldade de concentração;
Hipervigilância;
Isolamento social;
Irritabilidade;
Surtos de raiva;

Estudos neurolinguisticos comprovam que os seres humanos possuem um sofisticado “computador” capaz de receber estímulos externos e realizar um processamento interno que decodifica as informações guardadas na memória por meio de registros feitos por imagens, sons e sensações. Isso explica porque algumas pessoas sofrem com alguma experiência emocional desagradável e conseguem superar, enquanto outras pessoas criam traumas “insuperáveis”.

Como ressignificar e superar traumas
Alguns acontecimentos deixam marcas profundas, especialmente por conta da interpretação que damos a eles. É fundamental atribuir um novo significado para as memórias que causaram dor. Confira algumas dicas de como fazer isso a seguir:

Não se torture
Não fique remoendo situações que não foram causadas por você, como a morte de alguém querido, o abandono paterno ou materno, um acidente ou a ocorrência de uma doença. Não lute com coisas que estão fora do seu controle.

Entenda o sentido que você dá ao trauma
Questione o sentido que você tem dado aos acontecimentos da sua vida. O trauma emocional te tornou uma pessoa mais forte ou mais frágil? Você fala sobre o acontecimento como uma superação ou como uma vítima? Perceba no que você transformou esse trauma emocional e qual sentido você poderia dar para amenizar a dor.

Cuide das suas emoções
Não importa como ou quando o trauma emocional foi gerado: ele sempre estará no seu subconsciente, seja como uma memória que trouxe aprendizado ou como uma dor que cria mecanismos inconscientes de proteção.

Muitas pessoas não conseguem encontrar o equilíbrio emocional porque estão presas a um trauma que foi reprimido e ainda causa dor. É impossível voltar no tempo e mudar o que já aconteceu, mas você pode dar novos significados e interpretações a esses acontecimentos, impedindo que eles prejudiquem sua vida.

FONTESBIE
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia