Covid: Rússia é o primeiro país do mundo a concluir testes da vacina em humanos.

Resiliência Humana
covid-russia-e-o-primeiro-pais-do-mundo-a-concluir-testes-da-vacina-em-humanos

Os cientistas do mundo todo estão correndo contra o tempo para conseguirem disponibilizar a vacina que irá imunizar o planeta todo desse que vem sendo o nosso maior inimigo, o coronavírus.

O Brasil foi, entre os países emergentes, o primeiro a testar a vacina da Universidade de Oxford, mas a Rússia foi a primeira a concluir os testes em humanos e sai na frente em disparada, e pelo que parece, será quem vai ganhar essa corrida.

Em entrevista ao jornal TASS, a pesquisadora-chefe do Centro Russo de Pesquisa Clínica em Medicamentos da Universidade Sechenov Elena Smolyarchuk, disse que os testes em humanos para a vacina foram concluídos e que esses pacientes receberão alta em breve.

“A pesquisa foi concluída e provou que a vacina é segura. Os voluntários receberão alta nos dias 15 e 20 de julho”, disse Smolyarchuk, segundo o relatório.

De acordo com dados da OMS(Organização Mundial de Saúde) a Rússia é o terceiro país mais afetado pelo mundo pela pandemia, com mais de 423.000 casos de coronavírus desde o início do surto no início de março.


Os ensaios clínicos foram feitos de duas maneiras e cerca de 20 pessoas receberam a vacina: a primeira foi realizada no Hospital Militar Burdenko. A outra foi dada para testar pacientes na Universidade Médica Estatal Sechenov First Moscow.

Anteriormente, os resultados dos testes da vacina Covid-19 realizados em um grupo de voluntários na Rússia mostraram que eles estavam desenvolvendo imunidade ao coronavírus, mas o que o medicamento realmente é não foi discutido no artigo.

Dados da Organização Mundial da Saúde estimam que mais de 100 vacinas em esboço estavam em desenvolvimento em todo o mundo a partir do final de abril. Especialistas em saúde internacionais dizem que mesmo o cronograma mais otimista para uma vacina contra o coronavírus é de pelo menos 12 a 18 meses.

A velocidade com que os testes foram feitos, em apenas dois meses, estão gerando controvérsias entre especialistas do mundo todo, o que nos resta é torcer para que ela seja realmente eficaz contra a doença que está parou o planeta.

*Com informações Forbes e The Moscow Times

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia