Covid: Políticos reduzem próprios salários em 20% na Nova Zelândia

Resiliência Humana
covid-politicos-reduzem-proprios-salarios-em-20-na-nova-zelandia

Políticos da Nova Zelândia deram o belo exemplo de cidadania. Eles baixaram em 20% os próprios salários, pelos próximos 6 meses.

A primeira-ministra do país, Jacinda Ardern, a líder feminina mais jovem do mundo, anunciou a medida na última semana, e explicou os motivos das reduções salariais:

“Reconhecemos que os neozelandeses que dependem dos salários estão tendo os pagamentos reduzidos e perdendo seus empregos como resultado da pandemia de global de covid-19.

Hoje, eu confirmo que eu, os ministros do governo e os chefes do setor público vamos reduzir nossos salários em 20% nos próximos seis meses”, afirmou Jacinda Ardern em conferência.

Governo exigiu confinamento obrigatório

O governo decretou confinamento obrigatório e estado de emergência no dia 25 de março e deve decidir se a regra será mantida na próxima semana.

Segundo Ardern, a decisão não vai impactar nas políticas fiscais do governo e foi tomada para “mostrar a liderança do gabinete”.

A Nova Zelândia é um pais da Oceania, no sudoeste do Oceano Pacífico.

Até agora eles têm 1.386 casos de coronavírus confirmados e 9 mortes, de acordo com balanço online da Universidade Johns Hopkins, dos EUA.

Uruguai

No fim de março, o presidente e os ministros do Uruguai também reduziram seus salários.

Com informações da Exame

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia