Coragem: você tem cinco medos em cada não.

Mateus Túlio

Quando paramos para pensar nas mudanças que ocorrem em nossas vidas nos deparamos com uma realidade que nos aterroriza, uma vez que nossa personalidade se vê “empurrada” para viver o imaginável e adaptar-se ao novo. Mudanças nos ensinam que nada é permanente, e que nossa vida é temporária, assim como os acontecimentos que permeiam nossos dias.

Vivemos tão padronizados que criamos conceitos rasos de sentimentos profundos, nos esquecemos de mergulhar de cabeça na profundidade e ao invés disto nos perdemos em pequenas poças e aceitamos o que nos é impostos. Desde pequenos somos condicionados a seguir determinados padrões e estereótipos. Em nossa mente são incutidos pensamentos que nos limitam e nos obrigam a seguir uma ordem já estipulada, e sair dela nos torna errados e diferentes dos demais. 1/3 perde a chance por medo, 2/3 encalha por conta do orgulho. Isso é real no trabalho e no amor, são as duas pontes que separam você e o sucesso, mas como sair de uma lógica que nem ao menos entendemos?


Existem as mudanças desejadas e também as imprevistas. Independente do jeito que for as novas situações nos levam a buscar diferentes formas de adaptação e nos dá a oportunidade de ampliar nossas experiências e amadurecer. É preciso olhar para dentro de si mesmo e perceber como está seguindo com sua vida, com seus desejos, seus momentos de felicidade, e o mais importante após esta análise é não ter medo de mudar o roteiro.

Você pode ter dívidas intermináveis, brigas desnecessárias, amores incompreensíveis, mas tenho certeza que possui uma esperança inesgotável, e eu preciso que você pegue toda esta esperança e transforme em combustível para os seus sonhos, que levante sua cabeça e enxugue todas estas lágrimas, vista-se com o seu melhor sorriso e CORRA atrás do que te faz feliz. Caso não saiba o que lhe proporciona esta felicidade, busque, reinvente-se, ou mesmo dance na chuva, aposto que seus conceitos serão distintos destes, neste momento, lendo este texto.

Uma frase que me marcou muito em minha trajetória foi: “É importante não perder de vista as coisas que te encantam, pois ali há um pouco da tua essência” as vezes estamos tão ocupados tentando ganhar nossas vidas que nos esquecemos das pequenas coisas, dos pequenos gestos, sabores, e com isso perdemos nossa essência, pouco a pouco. Meus caros, se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Não se perca tentando se encontrar, saiba tomar as suas decisões nos momentos certos, quanto mais nos distanciamos daquilo que nos encanta em função do que é puramente conveniente, mais a vida perde seu sentido. LEMBRE SE QUE A VIDA É UMA SÓ.

“Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa. O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda!” (Clarice Lispector).

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Mateus Túlio
Procure entender-me entre a razão e a emoção e a as constantes incertezas que variam em minha mente. Desculpe-me se um dia lhe confundir entre as dramatizações da vida e a minha intensa busca pelo desconhecido. Estudante de Psicologia e um grande amante da escrita. Estão prontos para embarcarem neste devaneio?

COMENTÁRIOS