Conhecidos não são amigos!

Kassia Luana

Não confunda os papéis! Quem nunca confundiu um conhecido com um amigo?

Muito normal. Principalmente na juventude. Acreditamos que aquela pessoa com quem saímos para dançar, ou aquela com quem dividimos a mesma opinião sobre determinado tema, ou ainda aquela pessoa com a qual conversamos algumas vezes, é nossa amiga. Criamos expectativas e, consequentemente, em seguida vem a decepção.

Depois de muito “bater com a cabeça”, eu tive a oportunidade de reconhecer o que é amizade de verdade e descobrir que eu tenho poucos amigos, mas a qualidade deles é altíssima.

E sabe como descobri? Através de atos. Nada de promessas ou palavras que voam. Mas atitudes.

Por exemplo: apesar de até pouco tempo ter a aparência muito fechada, algumas pessoas conseguiam ver muito além disso e despertar meu lado leve e bem-humorado.

Até pouco tempo, não acreditava em advogados por conta de muitas experiências ruins que tive com eles. Uma grande amiga mostrou-me que as coisas não podem ser generalizadas e outra, tornou-se minha advogada *uma das pessoas mais honestas que conheci.

Apesar de saber que precisava, tinha receio de terapia e medo do formato tradicional das consultas (pelo menos as que são mostradas nos filmes). Então, fui apresentada a duas profissionais fantásticas que me mostraram que a terapia salva-vidas.

Foi através de grandes amigos que descobri o potencial que a minha mente tem e a importância de entender que ela pode ser organizada e me levar onde eu quiser (e onde não quiser também. Cuidado!).

Foi através de amigos (grandes amigos) que descobri que é possível, sim, fazer amizade com colegas de trabalho e separar perfeitamente as coisas.

E, ao contrário do que imaginava, meus amigos não têm opiniões exatamente iguais as minhas. Pelo contrário: quase todos eles têm opiniões muito diferentes sobre política e outros temas, por exemplo. Mas uma coisa temos em comum: o respeito pela opinião do outro e pelo outro. E mais um ponto: o amor incondicional e recíproco que têm por mim.

Amigos lhe mostram quando você está errado e não deixam de amá-lo por isso. Amigos estão ao seu lado, comemorando sua Vitória, enquanto seus olhos brilham de felicidade pela Vitória deles. São aqueles com os quais você pode chorar, sem medo de ser julgado, porque não vai.

Amigo é aquele com o qual você sabe que pode contar e que ajuda a ser cada dia melhor, mesmo depois de muito tempo sem ver.

Amigo é aquele que o faz alegre só de chegar, porque a energia dele é boa, positiva e ele só tem a acrescentar à sua vida.

Entende a diferença entre conhecidos e amigos?

Quando você entende o quanto a energia das pessoas pode influenciar na sua vida, você entende o quanto é importante selecionar melhor quem entra ou sai dela. Eles não sugam energia, só elevam.

Muito obrigada!

Namaste!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Kassia Luana
escritora, promotora de vendas e divulgadora Seicho No Ie (SNI). Apaixonada pela vida, acredito na auto cura, na gratidão e amor ao próximo.

COMENTÁRIOS