Coisas que você deve fazer antes do final do ano

Resiliência Humana

Certamente, a qualquer momento, é bom fazer um balanço de nossas contas, fechar ciclos e colocar tudo no papel para receber um novo período.

Por: Sara Espejo

O final do ano, é sem dúvida, um daqueles momentos considerados excelentes para fazer os fechamentos necessários e preparar um novo ciclo com a melhor disposição e com a certeza de que o melhor ainda está por vir.

É por isso que queremos que você esteja pronto para encerrar este ano e, especialmente, recebê-lo em 2020, por isso convidamos você a considerar essas recomendações que lhe permitirão relaxar, deixar de lado o desnecessário e se preparar para o melhor.

Conserte o que estiver quebrado e arrume o que estiver bagunçado:

Reorganize sua casa, seu local de trabalho, seu carro.

Dê, doe e jogue fora tudo, absolutamente tudo o que você não precisa, o que você não gosta, o que há muito tempo você não usa.

Se, a qualquer momento, alguém precisar de algo disso, certifique-se de poder fornecê-lo.

Aproxime-se dos seus entes queridos:

Às vezes pela mesma rotina diária, porque muitos interesses comuns não são mais compartilhados, porque há algum impasse por lá que não foi remediado, nos afastamos de nosso povo importante … O tempo dirá quem não vale a pena, mas as vezes não vale a pena nos afastar de nossos entes queridos, e queremos lhe poupar uma estrada percorrida sem alguns de seus afetos e convidamos você a diminuir distâncias.

Liquidar suas dívidas:

Faça o que puder para liquidar qualquer coisa pendente, incluindo dinheiro, promessas, compromissos, etc. A liquidação da dívida é uma maneira maravilhosa de nos libertarmos das correntes e nos movimentarmos mais livremente. Além disso, ativamos a energia da prosperidade.

Faça algum trabalho de caridade:

Não é necessário estar em um determinado momento ou adaptar-se às tradições para fazer o bem. Mas se não tiver sido nosso forte durante o ano, é uma boa hora para fazer algo que melhore a vida de alguém, pelo menos por um segundo, de uma maneira desinteressada. Afinal, somos todos um.

Perdoe:

Não importa se foi há anos, se foi há dois dias, se você tem cicatrizes horríveis ou feridas abertas. Faça o que for preciso para que sua mente aceite o perdão. Não deixe o rancor ou a culpa para o próximo ano. O que machucou já teve seu momento, não prolongue o sofrimento, não lhe dê o poder de continuar machucando você.

Faça uma lista das coisas que você realizou este ano:

Não importa se elas foram transcendentais para você, se foram poucas ou muitas, reconheça suas realizações e sinta o progresso que você fez em sua vida. Independentemente do rótulo que damos este ano que passa, sempre progredimos, sempre aprendemos, sempre há algo a ser favorecido na balança e aí focaremos nossa atenção.

Prepare uma lista do que você espera alcançar no próximo ano:

Ter objetivos claros nos permitirá ser consistentes com o que estamos procurando e tomar decisões orientadas para o que queremos fazer parte de nossas vidas.

Agradeça:

Agradeça por tudo que você viveu, que será um bom ponto de atração para o que você viverá no próximo ano. Você sempre tem motivos para agradecer, mas às vezes nos concentramos em outras coisas.

Que você tenha um final de ano magnífico e o próximo ano seja o melhor ano da sua vida!

*Tradução e adaptação REDAÇÃO RH
*Fonte: Rincon del Tibet

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia