China autoriza primeiros testes para vacina contra coronavírus em uma mulher

Resiliência Humana

Cientistas da Academia de Ciências Médicas Militares da China, ligada ao exército, receberam a aprovação para iniciar os ensaios clínicos em estágio inicial dessa potencial vacina a partir desta semana.

“A China deu o aval para que pesquisadores iniciem testes de segurança em humanos de uma vacina experimental contra o novo coronavírus, em meio à corrida para desenvolver uma imunização contra a Covid-19”, informa reportagem do G1.

“Cientistas da Academia de Ciências Médicas Militares da China, ligada ao exército, receberam a aprovação para iniciar os ensaios clínicos em estágio inicial dessa potencial vacina a partir desta semana, informou nesta terça-feira (17) o “Diário do Povo”, jornal oficial do Partido Comunista chinês, citado pela agência de notícias Reuters”, apontam ainda os jornalistas.

Segundo o portal G1 os EUA realizaram o primeiro teste de vacina contra o coronavírus em humanos e a primeira a receber a vacina foi uma mulher. Imunização pode levar de um ano a 18 meses para ser disponibilizada ao público; testes devem ser feitos em ao menos 45 voluntários.

Segundo entrevista realizada de notícias MSNBC pelo com a norte-americana Jennifer Haller que recebeu a vacina, ela terá que ter sua temperatura tirada várias vezes por dia e será acompanhada por uma equipe médica constantemente.

“Há grandes chances de que eu esteja envolvida na descoberta da vacina, mas ainda que não seja dessa vez, pelo menos estou contribuindo como parte do processo de descoberta”, disse Haller.

*Fonte G1 e Brasil 247
*Foto: Ted S. Warren/

COMPARTILHAR




COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia