Chefe tira 1 milhão de seu salário mensal para aumentar os salários de seus funcionários E O NEGÓCIO TRIPLICOU!

Resiliência Humana
chefe-tira-1-milhao-de-seu-salário-mensal-para-aumentar-os-salarios-de-seus-funcionarios-e-o-negocio-triplicou

Chefe tira 1 milhão de seus rendimentos mensais para aumentar os salários de seus funcionários! E O NEGÓCIO TRIPLICOU!

PESSOAS QUE INSPIRAM

O CEO da empresa em Seattle, que introduziu um salário mínimo de US $ 70.000 para todos os seus funcionários em 2015 – e pessoalmente teve um corte de 90% no faturamento – diz que a aposta valeu a pena de muitas maneiras.

Dan Price, que dirige a Gravity Payments em Seattle, cortou seu próprio salário em 90% para que seus funcionários pudessem desfrutar de um salário mínimo de $ 70.000 (€ 59.000). Ele diz que tomar essa decisão em 2015 foi o início do florescer da sua empresa, e essa atitude surtiu na triplicação do seu negócio, e viu os seus empregados darem um salto em qualidade de vida e começarem a viver uma vida melhor.

Postando no Twitter, Price escreveu: “Quando comecei a pagar um salário mínimo de $ 70.000 para minha empresa em 2015, Rush Limbaugh [um comentarista político dos EUA] disse: ‘Espero que esta empresa seja um estudo de caso em programas de MBA sobre como o socialismo não funciona, porque vai falhar’.

“Desde então, nossa empresa triplicou e somos um estudo de caso de sucesso na Harvard Business School.”

A postagem de Price no Twitter então documentou todas as maneiras que não apenas seu negócio melhorou, mas também a vida de seus funcionários, dizendo que a quantidade de proprietários de casas havia aumentado 10 vezes; 70% conseguiram saldar dívidas; o número de funcionários com filhos também aumentou 10 vezes; e os funcionários estão 76% “engajados no trabalho” – o dobro da média nacional.

Em declarações à BBC no início deste ano, Price disse: “Havia um pouco de preocupação entre os pontificadores de que as pessoas desperdiçariam quaisquer ganhos que teriam. E realmente vimos o oposto.”

Ele acrescentou: “Antes do salário mínimo de US $ 70.000, tínhamos entre zero e dois bebês nascidos por ano entre a equipe. E desde o anúncio – e faz apenas cerca de quatro anos e meio – tivemos mais de 40 bebês. ”

Enquanto a funcionária Rosita Barlow, diretora de vendas da Gravity, disse à BBC: “Quando o dinheiro não está em sua mente quando você está fazendo seu trabalho, ele permite que você seja mais apaixonado pelo que o motiva.”

Acrescentando: “Você não está pensando que tenho que trabalhar porque tenho que ganhar dinheiro. Agora o foco está em ‘Como faço um bom trabalho?'”

PERCEBENDO QUE ERA PARTE DO PROBLEMA, PRICE ENTROU EM AÇÃO

Tudo começou em 2015, quando o empresário Dan Price conversou com sua amiga Valerie sobre seus problemas financeiros.

Apesar de ganhar $ 40.000 (€ 33.764) por ano, em Seattle, onde eles residem, não era suficiente para ela pagar o aluguel e as contas. Aos 31 anos, Price estava no outro extremo da escala – sua empresa, a Gravity Payments, rendia a ele US $ 1,1 milhão (€ 928.500) por ano.

Percebendo que ele era parte do problema, Price decidiu agir e, depois de analisar os números, descobriu que cada um de seus 120 funcionários deveria receber pelo menos US $ 70.000 para viver confortavelmente na cidade.

Para garantir uma escala de pagamento justa em todas as áreas, Price sacrificou uma parte significativa de seu salário, hipotecando suas duas casas e abrindo mão de quaisquer ações e economias.

Ele manteve sua promessa, dobrando imediatamente os salários de um terço dos que trabalhavam na empresa e aumentando outros para garantir a paridade em todos os setores.

O empresário foi criticado por sua decisão, incluindo alguns dos próprios clientes da Gravity, que a viram como uma declaração política. Ele até foi chamado de “comunista” pela personalidade de rádio de direita, Rush Limbaugh.

No entanto, Price não se arrepende e a empresa está colhendo os benefícios.

ENTÃO, O QUE OS FUNCIONÁRIOS PENSAM DE SEU CHEFE, QUE AINDA GANHA UM SALÁRIO MÍNIMO CINCO ANOS DEPOIS?

Um grupo de funcionários ficou farto de ver seu chefe chegar ao trabalho em um Audi de 12 anos e se reuniram secretamente para comprar um Tesla para ele.

Um filme que a empresa postou no YouTube segue uma integrante do grupo, Alyssa O’Neal, enquanto ela trama com seus colegas para surpreendê-lo com o carro.

“Eu sinto que esta é a melhor maneira de dizer obrigado por todos os sacrifícios que ele fez e todas as coisas negativas com as quais ele teve que lidar” , diz ela.

Price então sai do escritório para o estacionamento, vê o carro e começa a chorar.

Cinco anos depois, Price ainda ganha o salário mínimo da Gravity. Ele diz que está mais realizado do que nunca quando estava ganhando milhões, embora nem tudo seja fácil. “Há testes todos os dias” , diz ele.

“Tenho a mesma idade de Mark Zuckerberg e tenho momentos sombrios em que penso: ‘Quero ser tão rico quanto Mark Zuckerberg e quero competir com ele para estar na lista da Forbes. E quero estar na capa da revista Time, ganhando muito dinheiro. ‘Todas essas coisas gananciosas são tentadoras.”

“Não é fácil simplesmente recusar tudo isso. Mas minha vida é muito melhor agora ajudando todos os meus funcionários a prosperar comigo.”

*DA REDAÇÃO RH. Com informações Bright Vibes

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia