Cerca de 8 mil pessoas já se recuperaram de Covid-19 no Ceará

Resiliência Humana
cerca-de-8-mil-pessoas-ja-se-recuperaram-de-covid-19-no-ceara

Os números de pessoas que já se recuperaram de covid-19 no Ceará foram atualizados na plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), às 9h31min do domingo, 10 de maio.

Em apenas um dia o IntegraSUS registrou mais 726 recuperações de Covid-19 no Ceará. São 7.899 pessoas recuperadas no Estado, entre 6.748 curados e 1.151 que receberam alta hospitalar. O dado começou a ser divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) no sábado.

Fortaleza soma 5.635 recuperações, em um cenário de 11.103 casos confirmados e 827 óbitos na Capital – letalidade de 7,4%. Os dados foram atualizados às 9h31min também de sábado.

O número de recuperados é estimado por um cálculo que considera os registros de casos, óbitos com confirmação de Covid-19 e o número de pacientes hospitalizados registrados no Sistema de Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP Gripe).

O Ceará chegou a 1.094 mortes e 16.064 casos confirmados de coronavírus. A taxa de letalidade divulgada é de 6,8%. Atualmente, 28.882 casos estão em investigação no Ceará e o número de exames realizados já chega a 42.115.

isolamento-social

Sem dúvidas a situação no estado é alarmante, mas pelos números divulgadas de pessoas que já se recuperaram podemos perceber que o tratamento que está sendo empregado está surtindo efeito positivo e só essa informação já é animadora.

A maior preocupação ainda é a superlotação das UTIs, por conta da superlotação muitas pessoas podem perder a vida enquanto muitas estão se recuperando quando possuem os equipamentos necessários.

O isolamento social é ainda mais importante agora!

Não se deve afrouxar o isolamento apenas porque estão ocorrendo muitas curas, como já foi informado o que pode ser crucial entre viver e morrer é ter um leito de UTI disponível. Caso isso não seja possível e o paciente tenha que esperar muitos dias para ser internado, existe fortes possibilidades de ocorrer o pior.

*DA REDAÇÃO RH. Com informações de O Povo.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia