CAMPEÃ DE MOTOCROSS PAGA TAXAS ESCOLARES PARA 40 CRIANÇAS, E ELA TEM APENAS 14 ANOS!

Resiliência Humana

Sensação do Motocross do Zimbábue Tanyaradzwa “Tanya” Muzinda pagou as taxas escolares para 40 meninas e 5 meninos; e quer pagar para mais 500 crianças – Ela tem apenas 14 anos de idade, mas entende de caridade melhor do que muito adulto.

POR FINO MENEZES

O SONHO DE TANYA É ENVIAR 500 CRIANÇAS PARA A ESCOLA ATÉ O FINAL DE 2020 #TEAMTANYA


Aldeia de seu avô

Tanyaradzwa “Tanya” Muzinda, uma jovem de 14 anos do Motocross do Zimbábue, garante que a menina da do seu país não seja deixada para trás doando suas economias para a escola primária Chinamano Council, em Epworth, 20 km a sudeste da capital Harare.

Tanya disse: “Meu sonho é enviar 500 crianças (para a escola) em todas as dez províncias do país até o final do ano 2020 pela Graça de Deus e espero que este sonho seja realizável”.

Tanya foi coroada como Atleta Júnior do Ano do Zimbábue e Atleta Júnior do Ano em 2015 em Birmingham, Reino Unido – 3 de outubro de 2015 –

“Este foi outro trampolim incrível em minha missão. No dia 3 de outubro fui nomeada a Mulher Esportiva do Ano de 2015 no Zimbábue. A cerimônia foi incrível e foi a primeira vez que viajei para a Europa. Eu não posso esperar para voltar e correr lá. Obrigado a todos que votaram em mim. Eu vou fazer esse sonho passar e inspirar outras garotas africanas ao longo do caminho.”
Fonte: TanyaMuzinda.com

UMA MENINA AFRICANA COM O SONHO DE TORNAR-SE UM ATLETA INTERNACIONAL DE MOTOCROSS

Tanya é a filha mais velha da família Muzinda. Sua família é a primeira geração a se mudar permanentemente da vila para a cidade de Harare, no Zimbábue.

Enquanto Tanya cresceu na cidade, ela está bem ciente do que passam seus conterrâneos. A primeira menina de sua família a frequentar a escola, Tanya, mostrou um talento no esporte desde tenra idade.

Um dia seu pai, que sempre teve uma paixão por Motorsport, (com muitos sacrifícios) foi capaz de comprar um kart a Tanya.

Tanya foi então exposta ao parque Donnybrook Motorsport, onde ela foi praticar com seu kart. Logo depois disso, ela foi introduzida ao esporte do Motocross, já que Donnybrook também oferece 3 pistas de motocross ao lado da pista de kart.

A partir de então Tanya abandonou as 4 rodas para os 2 e aos 6 anos de idade tornou-se a primeira campeã zimbabuense de motocross feminina na história.

Tanya é apaixonada pelo esporte e seu pai estendeu a mão para a lenda do Motocross, Stefy Bau, para ter uma chance de Tanya ter o melhor mentor que ela pode ter.

Stefy viajou para o Zimbábue em dezembro de 2013 e uma amizade ao longo da vida nasceu. Stefy treinou Tanya por 2 semanas e Tanya conquistou um segundo lugar na visão competitiva da classe 65B.

O sonho de Tanya é se tornar o primeiro atleta de motocross feminino da África a alcançar o sucesso internacional, daí o projeto #TeamTanya nasceu.

‘Este é o momento em que voltei ao meu país natal como a mulher esportiva do ano de 2015. Eu não posso nem começar a descrever a alegria de ver tantas pessoas dando boas-vindas de volta. Eu sou uma garota da África com um sonho. Tomando tudo isso! Obrigado a todos pelo apoio!” – Tanya Muzinda

MUZINDA TEM UMA PAIXÃO PELA EDUCAÇÃO

Tanya disse a ZoomZimbabwe que o motivo por trás da doação é devolver à comunidade oportunidades. Ela disse que tem uma paixão pela educação, especialmente em relação às meninas que não precisam ser deixadas para trás.

“Muitas vezes eu sinto falta de corridas, treinos por causa de finanças e outras razões técnicas, eu sei como é sentir falta de algo que você ama e faz parte do seu destino, então eu posso imaginar uma garotinha olhando para outras crianças indo para a escola. Ficar em casa, a dor e o trauma são insuportáveis ​”.

Muzinda é a primeira menina na história do Motocross do Zimbabué a ter ganho uma corrida pelo campeonato.

Em julho de 2018, Tanya foi apresentada como um dos 10 maiores atletas africanas do Trailblazer feminino.

Fonte: ZoomZimbabwe e Bright Vibes. Livremente adaptado e traduzido por REDAÇÃO Resiliência Humana.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia