Brasileiro mais novo a entrar para sociedade de alto QI inglesa aprendeu a falar inglês antes do português

Elio Henrique Santis Dalferth, de apenas 5 anos, é o brasileiro mais novo a entrar para uma das sociedades de pessoas de alto QI no mundo, a “Mensa”, da Inglaterra.

Nascido e residente em Marabá, no interior do Pará, o pequeno gênio aprendeu a falar inglês antes mesmo do idioma do seu país, conforme revelou sua mãe, Brenda Santis.

“Mesmo morando no Brasil, ele aprendeu a falar primeiro inglês e só depois o português. Aprendeu sozinho e até hoje ele usa a sintaxe do inglês no português. Desde os 2 anos ele usa o inglês pra se comunicar”, revelou.

Sua mãe conta que Elio se interessaé pelas galáxias e que ele faz cálculos sem visualizar os números.

“Ele gosta muito de jogos de lógica e é extremamente sensível à cenas de sofrimento com pessoas ou animais. Isso nos chama a atenção”, completou.

Sobre isso, Brenda conta que uma vez ele foi assistir o espetáculo do “Rei Leão” e quando começou a cena das hienas tentando pegar o leão o Elio já se incomodou.

“Na cena da debandada que o Mustaphar vai morrer, tive que sair da sala porque ele pediu desesperadamente para não ficar. Começou a chorar”, disse.

Outra curiosidade da vida do pequeno gênio revelado pela sua mãe foi que ele sabe que o Elon Musk (SpaceX) constrói foguetes e que “por isso Élio fala que vai com ele para Marte”.

Sobre o acompanhamento educacional do filho Brenda garantiu que agora que ele está na Mensa a família vai usar o apoio para construir um planejamento para o seu desenvolvimento cognitivo e psico-emocional.

“É um uma joia sendo lapidada. Estamos cuidando dele com muita atenção”, comemorou.

O mais novo gênio brasileiro

Aos 2 anos Elio Henrique já reconhecia figuras geométricas e aos 3 reconhecia e identificava figuras geométricas mais complexas.

Primeiro ele falou inglês e depois português. Até hoje muito da sua fala mistura as duas línguas.

Élio conhece com razoável profundidade todos os planetas do sistema solar, identificando as quantidades de luas dos planetas que as possuem, além de entender sobre a variação das galáxias no universo e a existência de buracos negros e de estrelas maiores que o sol.

Todo o conhecimento de Elio foi adquirido por ele mesmo, ninguém o ensinou. É um autodidata genuíno. Em julho deste ano ele fez 5 anos e já aprendeu – por ele próprio – a ler em inglês e português.

O gênio nasceu e mora em Marabá, interior do Pará, ama dinossauros, mas a sua maior expectativa é conhecer Elon Musk, e diz que quer viajar com ele até Marte.

Elio já foi submetido a testes que apontaram 145 de QI e em uma variação essa pontuação chegou a 156, superando 99% dos superdotados da sua idade.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Fabiano de Abreu Rodrigues, PhD, neurocientista, neuropsicólogo, biólogo, historiador, jornalista, psicanalista com pós em antropologia e formação avançada em nutrição clínica. PhD e Mestre em Ciências da Saúde nas áreas de Psicologia e Neurociências pela EBWU na Flórida e tem o título reconhecido pela Universidade Nova de Lisboa; Mestre em Psicanálise pelo Instituto e Faculdade Gaio/Unesco; Pós Graduação em Neuropsicologia pela Cognos em Portugal; Pós Graduação em Neurociência, Neurociência aplicada à aprendizagem, Neurociência em comportamento, neurolinguística e Antropologia pela Faveni do Brasil; Especializações avançadas em Nutrição Clínica pela TrainingHouse em Portugal, The electrical Properties of the Neuron, Neurons and Networks, neuroscience em Harvard nos Estados Unidos; bacharel em Neurociência e Psicologia na EBWU na Flórida e Licenciado em Biologia e também em História pela Faveni do Brasil; Especializações em Inteligência Artificial na IBM e programação em Python na USP; MBA em psicologia positiva na PUC. Membro da SPN – Sociedade Portuguesa de Neurociências – 814; Membro da SBNEC – Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento – 6028488; Membro da FENS – Federation of European Neuroscience Societies – PT 30079; Contato: [email protected]

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Fabiano de Abreu Rodrigues é psicanalista clínico, jornalista, empresário, escritor, filósofo, poeta e personal branding luso-brasileiro. Proprietário da agência de comunicação e mídia social MF Press Global, é também um correspondente e colaborador de várias revistas, sites de notícias e jornais de grande repercussão nacional e internacional. Atualmente detém o prêmio do jornalista que mais criou personagens na história da imprensa brasileira e internacional, reconhecido por grandes nomes do jornalismo em diversos países. Como filósofo criou um novo conceito que chamou de poemas-filosóficos para escolas do governo de Minas Gerais no Brasil. Lançou o livro ‘Viver Pode Não Ser Tão Ruim’ no Brasil, Angola, Espanha e Portugal.