Brasileiro cria conceito de inteligência que inclui a “humildade” como fator determinante.

O investigador e neurocientista luso-brasileiro Fabiano de Abreu criou um novo conceito de inteligência, denominado de DWRI (Development of wide regions of intelectual interference), que inclui a humildade, o controle emocional, e a capacidade de socialização como fatores determinantes para que a inteligência do indivíduo seja medida de forma integrativa.

O artigo científico foi aprovado pela academia científica e publicado pela revista International Journal of Development Research.

Fabiano de Abreu trouxe uma nova perspectiva para medir a inteligência que difere da forma como é medida atualmente em termos de QI. Para ele, os testes de inteligência atuais não medem, muitas vezes, a capacidade de um indivíduo de forma integrativa.

“Ter inteligência DWRI significa conseguir desenvolver todos os tipos de inteligência, englobando o seu património genético, os seus interesses e as suas experiências de vida que, no final, resultam numa inteligência global e não apenas direcionada”, explica o pesquisador.

Mas afinal, quantos tipos de inteligência existem?

Fabiano responde:

“Existem dois tipos de inteligência, a lógica e a cognitiva. Embora trabalhem em consonância, trata-se, na verdade, de realidades distintas.

A inteligência DWRI é hereditária, aparecendo já na formação embrionária e é responsável pelo imaginário, ou seja, do entendimento do que está à nossa volta, à formação da personalidade se forma a condição da inteligência”.

Ter QI alto não significa ter inteligência DWRI

Fabiano explica que a capacidade de alguém em habilidades verbais, numéricas, lógicas e espaciais, mesmo que medidas por um teste de QI, não definem a inteligência DWRI.

“Um sujeito que possui alto QI nem sempre possui DWRI, ele pode ter apenas inteligências específicas, explica.

Segundo Fabiano de Abreu, as pessoas que possuem DWRI são, por norma, mais ponderadas e equilibradas, não cedendo ao egocentrismo ou narcisismo.

“São pessoas humildes, mesmo estando plenamente conscientes das suas capacidades, isso se deve, sobretudo, pela noção que possuem de que a humildade acarreta mais vantagens, incluindo para o próprio indivíduo.

Outra característica que prevalece nas pessoas DWRI é a forte capacidade que possuem de controle emocional, sem que, com isso, percam a capacidade de socializar”.

De acordo com o estudo de Fabiano de Abreu, os indivíduos com QI superior a 99 e que também possuem a inteligência DWRI têm mais probabilidades de sucesso profissional e pessoal, não apenas porque possuem o domínio da lógica, mas pela sua capacidade de socializar, dominar as emoções, e reforçar ramificações sociais que irão interferir no seu progresso, na sua carreira e no meio acadêmico.

Fabiano de Abreu defende que o teste seja incorporado pelas escolas para que famílias e crianças saibam desde cedo e possam ser encaminhadas corretamente.

Você faria um teste de QI? Acredita possuir a DWRI? Comente se você já fez o teste, se conhece alguém que já fez ou deseja fazer!

Queremos conhecer a sua história e te ajudar a entender melhor como funciona o seu processo de aprendizagem. Às vezes você é um ser extremamente inteligente e o mundo precisa de você, mas você mesmo negligencia isso.

*texto de Fabiano de Abreu – Doutor e Mestre em Psicologia da Saúde pela Université Libre des Sciences de l’Homme de Paris; Doutor e Mestre em Ciências da Saúde na área de Psicologia e Neurociência pela Emil Brunner World University;Mestre em psicanálise pelo Instituto e Faculdade Gaio,Unesco; Pós-Graduação em Neuropsicologia pela Cognos de Portugal;Três Pós-Graduações em neurociência,cognitiva, infantil, aprendizagem pela Faveni; Especialização em propriedade elétrica dos Neurônios em Harvard;Especialista em Nutrição Clínica pela TrainingHouse de Portugal.Neurocientista, Neuropsicólogo,Psicólogo,Psicanalista, Jornalista e Filósofo integrante da SPN – Sociedade Portuguesa de Neurociências – 814, da SBNEC – Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento – 6028488 e da FENS – Federation of European Neuroscience Societies-PT30079.
E-mail: [email protected]

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Fabiano de Abreu Rodrigues é psicanalista clínico, jornalista, empresário, escritor, filósofo, poeta e personal branding luso-brasileiro. Proprietário da agência de comunicação e mídia social MF Press Global, é também um correspondente e colaborador de várias revistas, sites de notícias e jornais de grande repercussão nacional e internacional. Atualmente detém o prêmio do jornalista que mais criou personagens na história da imprensa brasileira e internacional, reconhecido por grandes nomes do jornalismo em diversos países. Como filósofo criou um novo conceito que chamou de poemas-filosóficos para escolas do governo de Minas Gerais no Brasil. Lançou o livro ‘Viver Pode Não Ser Tão Ruim’ no Brasil, Angola, Espanha e Portugal.