BENEFÍCIOS DO REIKI: MITO OU REALIDADE?

Susana Vieira Ramos

Cada vez mais se fala sobre Reiki, muitas das vezes sem a exata noção sobre o assunto. Como já vimos anteriormente (aqui), o Reiki é a energia vital que anima tudo o que existe. Todos os seres humanos, animais, plantas e tudo o que existe é energia. Uma mesa tem a sua própria energia e o seu campo áurico, assim como nós próprios, sem exceção.

Fala-se inclusive dos benefícios do Reiki, que hoje em dia já é praticado como terapia em alguns hospitais pelo mundo fora, assim como em Portugal, nomeadamente no IPO do Hospital de São João, no Porto. Se o Reiki é uma terapia que trabalha com a energia espiritual, então o que é que ele faz para já ser oferecido em alguns centros hospitalares?

Para realmente compreendermos quais as vantagens desta terapia, vamos analisar alguns dos tão conhecidos benefícios do Reiki:


1. O Reiki alivia o stresse, a depressão e o cansaço. VERDADE

Este é um dos principais benefícios do Reiki. Quem recebe Reiki sente imediatamente um alívio no seu corpo físico e mental, pois esta terapia de toque suave não intrusiva age sobre o campo áurico da pessoa, trazendo-lhe calma e serenidade. A pessoa sente-se com mais vitalidade, mais otimista e com vontade de realizar as suas tarefas. Esta energia espiritual vai à raiz do problema que a pessoa tem, limpando situações e energias estagnadas que possam prejudicar a vida e o humor dela. No fundo, é como se recebêssemos uma massagem, em que não há necessariamente uma manipulação física. A energia trabalha ao nível das células e do ADN, assim como a nível do sistema nervoso central e periférico (como é o caso das massagens pelo toque na pele).

2. O Reiki equilibra a energia vital e a aura. VERDADE

Se todos nós somos energia, então por que razão precisamos de fazer Reiki que, tal como nós, é energia universal? De facto, à medida que crescemos e nos tornamos adultos, crescem também os problemas e as cargas emocionais difíceis, que por sua vez também nos provocam condições de saúde mais débeis. Quando recebemos Reiki, estamos a alargar ou diminuir os nossos chakras e meridianos, que são os canais do nosso corpo energético, de maneira a que tudo fique limpo e equilibrado. Uma pessoa que tenha problemas de estômago pode ser alguém com baixa autoestima ou então que tem dificuldades a digerir determinadas situações. O Reiki irá ajudar a limpar o chakra correspondente e a tratar o problema em questão. Consequentemente, quando equilibramos os chrakas, a nossa aura fica igualmente equilibrada.

3. O Reiki trata insónias e restaura o sono. VERDADE

Tenho verificado que muitas pessoas que se queixam de insónias ou que têm problemas em adormecer, mudam completamente os seus hábitos depois de receberem Reiki. Os efeitos são imediatos, havendo até quem adormeça durante o tratamento, visto o relaxamento ser intenso. As pessoas encontram um ritmo normal de sono, muitas das vezes sem explicação plausível. Contudo, por vezes é necessário fazer Reiki esporadicamente, pois caso contrário poderão voltar ao mesmo padrão. Muitas vezes as insónias e dificuldades em adormecer estão associados a altos níveis de stresse e a pensamentos repetitivos ou obsessivos relativos a determinado assunto. Quando a fonte de preocupação é resolvida, então o sono é restaurado completamente.

4. O Reiki fortalece o sistema imunológico e alivia a dor. VERDADE

Não há provas científicas que o atestem, embora pela observação empírica possamos chegar à conclusão de que o Reiki realmente ajuda-nos a ficar mais fortes e imunes a determinadas doenças. Esta terapia alivia a dor de forma muito significativa, por isso mesmo é tão usada para ajudar a tratar doentes com cancro ou em fase terminal, pois para além de atuar a nível físico, também melhora o estado mental e emocional dos pacientes. Um dos casos mais impressionantes que conheci foi um cliente que, após ter descoberto ser seropositivo (portador do HIV), fez várias sessões de Reiki juntamente com a tomada de medicação e a doença deixou de existir, ficando completamente controlada. Verifiquei também em clientes com cancro que o Reiki foi um excelente apoio para suportarem a dor e os efeitos secundários de tratamentos de quimio e radioterapia.

5. O Reiki é uma religião. MITO

O Reiki não tem crenças nem religião, daí que ele possa ser praticado por todos. Qualquer pessoa de qualquer idade e de qualquer religião pode ser praticante de Reiki. Não precisamos de acreditar em divindades ou ter crenças espirituais para que o Reiki funcione. Basta estarmos de coração aberto e predispostos a receber amor incondicional para que possamos sentir os efeitos do Reiki. No entanto, nada impede que tenhamos as nossas crenças. Um terapeuta de Reiki pode perfeitamente ter santos, figuras ou amuletos que considere importantes para a sua prática, embora uma coisa não dependa da outra. Eu posso ser católica e praticante de Reiki, acreditando que sou auxiliada por benfeitores espirituais, ou então posso ser praticante de Reiki e não acreditar em nenhuma entidade, apenas no fluxo da energia.

6. O Reiki faz-nos ver espíritos e falar com os mortos. MITO

Ser praticante ou terapeuta de Reiki nada tem a ver com espíritos. A maior parte das pessoas procura o Reiki para encontrar paz e abrir a sua consciência, equilibrando-se a nível emocional. Contudo, há pessoas que já trazem com elas determinadas condições de mediunidade que podem ser controladas com o Reiki. Isto quer dizer que irão aprender a lidar melhor com a sua própria energia e com a energia dos outros, à medida que aprofundam os seus conhecimentos de Reiki. Do que tenho visto dos praticantes de Reiki que conheço, são poucas as pessoas que têm a capacidade de ver e ouvir para além daquilo que é considerado normal. Uma coisa é ser intuitivo, outra é ter mediunidade.

7. O Reiki desenvolve a intuição. VERDADE

O Reiki ajuda-nos a conhecer-nos melhor e a aprendermos a acalmar a mente, portanto dá-nos lugar para aprendermos a ouvir a nossa voz interior. Quando conseguimos ouvir a nossa voz interior, podemos alinhar-nos com o nosso propósito de vida e com a vontade divina. Ser intuitivo passa por desenvolver e equilibrar o chakra da Terceira Visão, situado no ponto central entre as sobrancelhas. Um dos sinais que este chakra está a funcionar corretamente é quando sabemos ouvir e seguir a nossa intuição. Se o mesmo estiver em desequilíbrio, então podemos ter excesso de pensamentos, confusão mental, indecisão, pesadelos, pensamentos obsessivos, falta de imaginação, etc… Ao fazermos Reiki, estamos a equilibrar os chakras e a promover o desenvolvimento da nossa intuição.

8. O Reiki aumenta a consciência e o autoconhecimento. VERDADE

Sim, pois o Reiki não se trata apenas de uma terapia de energia. O Reiki vai muito mais além, pois é uma filosofia de vida assente em Cinco Princípios básicos para encontrarmos o equilíbrio e a serenidade: “Só por hoje, sou calmo, confio, sou grato, trabalho honestamente e sou bondoso”. Ao incluirmos estes conceitos no nosso dia-a-dia vamos, pouco a pouco, fazendo uma enorme transformação interior. A prática constante de Reiki vai com certeza mudar a nossa maneira de pensar e de agir e, consequentemente, tudo o que está à nossa volta. Como estaremos mais conscientes daquilo que fazemos e iremos questionar a nossa conduta, iremos tornar-nos pessoas melhores. Esse é o objetivo máximo do Reiki enquanto filosofia de vida: evoluirmos como seres espirituais que somos.

9. O Reiki equilibra as emoções e traz paz. VERDADE

O Reiki age a nível físico, ao aliviar a dor, a nível mental, ao serenar a nossa mente, a nível emocional, ao controlar as nossas emoções, e a nível espiritual, ao elevar-nos. Quando nos encontramos em equilíbrio é quando encontramos em paz. O difícil não é deixar de ter problemas, mas sim viver em paz com eles. Quando aprendemos a viver em paz com a nossa vida, quer a possamos mudar ou não, então seremos felizes. Enquanto não soubermos controlar as emoções, então viveremos muitas vezes um tormento. O Reiki ajuda-nos mesmo a serenar e a equilibrar o que precisamos de mudar.


10. O Reiki obriga a tirar a roupa. MITO

De maneira nenhuma! Uma sessão de Reiki com um terapeuta decorre normalmente numa marquesa em que o cliente fica com a roupa vestida. O toque do terapeuta é suave e por vezes não se sente. Quando alguém vos pedir para tirar a roupa no contexto de uma terapia de Reiki, vão-se embora e façam queixa à Associação Portuguesa de Reiki.

11. O Reiki cura tudo. MITO

Quem vos disser isto, está a mentir com toda a força, por melhor que seja a sua intenção. Por vezes queremos tanto ajudar uma pessoa a resolver ou a curar determinada situação que nem sabemos o que dizer. A verdade é que o Reiki é tão bom que esperamos um milagre. Por favor, o Reiki não cura tudo. O Reiki é apenas uma ferramenta, uma porta de abertura para que nós mesmos façamos as nossas mudanças. Lembro-me de que há tempos recebi uma menina de 8 anos que vive desde bebé com um tumor cerebral. A mãe tinha-a levado a um terapeuta de Reiki que trabalhava por donativo mas que lhe prometeu a cura da criança. É claro que a menina não ficou curada e que a perspetiva da mãe foi desacreditar completamente no Reiki! De tempos a tempos vou tendo casos destes, de pessoas que vêm de outros terapeutas de pé atrás porque tiveram más experiências. Há que saber o que dizer a quem dizer e conhecer os limites do bom senso!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Susana Vieira Ramos
Susana Vieira Ramos é Mestre de Reiki, com formação em Vidas Passadas, Leitura da Aura e Anatomia Energética. Iniciou o seu percurso profissional como professora de Português e Filologia Clássica, mas é no desenvolvimento pessoal e espiritual que realiza a sua missão de vida.

COMENTÁRIOS