Avô em cadeira de rodas volta a estudar aos 87 anos: “Nunca é tarde”.

Seu Cándido Silva de La Paloma, Canindeyú, do Paraguai, voltou a estudar de onde parou, depois de ficar na cadeira de rodas. Ele está cursando a sétima série e sua família o apoia em sua decisão.

Nunca será tarde para recomeçar de onde paramos, ou traçar novas rotas para realizar nossos sonhos.

Há aqueles que têm a oportunidade de atingir a maioria de seus objetivos quando são jovens, porém, outros, precisaram adiar seus sonhos, deixar para depois, para quando fosse possível.

É o caso de Cándido Silva, avô de Paloma, morador de Canindeyú, no Paraguai, que aos 87 anos decidiu voltar a estudar e retomar os estudos que deixou há muitos anos.

Segundo a mídia local Extra, esse avô voltou para a Escola Básica 1280 São Francisco de Asís, onde reiniciou a sétima série, na companhia de outros alunos, bem mais novos que ele.

“Seu Cándido diz que nunca é tarde para estudar”, comentou Judit Santacruz, sobrinha do avô que é famosa em sua comunidade.

Esse idoso, que tem 4 filhos, 5 netos e 3 bisnetos, preferiu frequentar a escola presencialmente em vez de receber aulas particulares diretamente em casa. Ele nem se importava em ir na cadeira de rodas, porque queria experimentar de novo o sabor de ir para a escola.


Extra

Suas primeiras aulas foram de Matemática e Guarani, onde foi muito bem recebido tanto pelos professores quanto pelos colegas.

De acordo com Susana Rivas, diretora da instituição, todos estão se esforçando para fazer tudo o que for necessário para oferecer ao avô os confortos de que necessita, como uma rampa para poder entrar com a sua cadeira de rodas.

Por enquanto, Seu Cándido se preocupa em cumprir todas as suas tarefas corretamente e entregar o trabalho no prazo. Ele finalmente poderá terminar a escola como sonhava quando jovem, graças ao fato de agora ter tempo suficiente e também contar com o apoio de sua família.

avo-em-cadeira-de-rodas-volta-a-estudar-aos-87-anos-nunca-e-tarde1
Extra

Este avô é um exemplo de superação e de não desistir de perseguir sonhos por mais difíceis que pareçam.

*DA REDAÇÃO RH.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia