As vezes quem diz muito “eu te amo”, não ama tanto quanto quem faz essas coisas!

Resiliência Humana

Dizer “eu te amo” é possivelmente a maneira mais fácil de deixar alguém saber que você se importa, que você gosta de verdade dela, mas não é a única.

Quando se trata de expressar emoções, cada indivíduo é diferente. Enquanto alguns usam palavras, outros confiam mais em ações e gestos.

A maneira como homens e mulheres demonstram afeto pode ser totalmente diferente uma da outra, o que pode deixar muita gente ansiosa em seus relacionamentos e o que leva ao sentimento de que são menos desejados.

Os homens costumam demonstrar afeto, mais do que dizer, aqui selecionamos 6 maneiras que eles demonstram que amam suas parceiras, sem terem que dizer o bom e velho “Eu te amo”.

É muito fácil saber se gostam de você de verdade!

As vezes, quem diz muito “eu te amo”, não ama tanto, quanto quem faz todas essas coisas!

1. Ele gosta de ouvir o que você tem a dizer, você se fosse seu diário pessoal.
A maneira como seu parceiro demonstra afeto revela o que ele valoriza em você!
Se o seu parceiro está pronto para ouvi-la e confortá-la nos seus dias tristes e felizes, ele não é apenas um ótimo ouvinte, mas isso também sugere que ele valoriza a confiança em seu relacionamento.

Ao permitir que você desabafe, seu parceiro tenta tornar a conexão entre vocês 2 mais forte e mais honesta.

2. Ele adora abraçar você tanto quanto você adora o seu abraço.

Quando você está apaixonado, abraçar é uma das maiores alegrias de estar em um relacionamento. Se seu parceiro gosta de abraçar tanto quanto você, isso significa que ele também adora passar um tempo de qualidade com você e, além disso, valoriza a intimidade em seu relacionamento. Não apenas isso, beijos aleatórios na testa e abraços por trás também são um sinal dele tentando dizer o quão importante você é para ele sem realmente dizer as palavras.

3. Ele a incentiva a alcançar seus objetivos.

Estar em um relacionamento não é igual a estar com seu parceiro o tempo todo ou enviar mensagens de texto o tempo todo. No final do dia, vocês são duas pessoas separadas com objetivos e sonhos diferentes.

Se seu parceiro a encoraja a dedicar mais tempo para atingir seus objetivos, em vez de reclamar, isso significa que ele valoriza o seu espaço pessoal.

Entender que seu parceiro também tem uma vida e o direito de perseguir seus próprios sonhos é um sinal de maturidade e amor verdadeiro.

4. Ele ajuda você em casa.

Se o seu parceiro não se importa em lavar a roupa todos os dias ou fazer tarefas regularmente, é um sinal de que o considera como igual, a metade equivalente.

É realmente difícil encontrar alguém que valorize a igualdade em um relacionamento; portanto, se você encontrou alguém especial, não o deixe ir!

5. Ele não se importa de falar de você para seus entes queridos.

O sinal mais claro de que seu parceiro não está brincando com você é vê-lo conversando com seus amigos e familiares sobre você.

Se o seu parceiro não se importa de contar aos outros sobre o seu relacionamento, isso significa que ele valoriza o compromisso e que está com você pelas razões certas. Ele vê um futuro com você.

6. Ele se sente inseguro sempre que você sai.

Uma demonstração pública ocasional de afeto é boa, mas se o seu parceiro faz isso o tempo todo, pode ser uma bandeira vermelha.

Desejar a todo momento mostrar seu relacionamento para os outros é um sinal de insegurança e se o seu parceiro simplesmente não sabe como ficar sem você, mesmo em público, isso pode significar que ele é dependente.

Se sentir inseguro é um sinal de que ele se importa, mas não é um sinal bom, pois um relacionamento verdadeiro deve haver confiança! Faça com que ele confie em você e se sinta seguro!

E você? Como você diz à sua outra metade que você a ama sem usar palavras?

Você já esteve em um relacionamento em que seu parceiro não foi muito sincero sobre seus sentimentos? Como você lidou com isso? Compartilhe sua história conosco nos comentários!

*Via Bright Side.me. Tradução e adaptação REDAÇÃO Resiliência Humana.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia