Às vezes, a falta de talento é daquele que não reconhece o teu.

Luciano Cazz

Pessoas incrivelmente talentosas como Beyoncé já tiveram seu trabalho rejeitado. A cantora teve que escutar de sua gravadora que seu primeiro CD não tinha um hit de sucesso. E eles estavam certos. Teve 5.

Muitas portas se fecham na sua cara não é falta de capacidade sua, mas em virtude do olhar raso de quem está lhe avaliando. É como ter em mãos uma pedra preciosa e ser incapaz de avaliá-la. Corre-se o risco de desperdiçar um diamante porque simplesmente ignora-se seu valor.

E isso pode acontecer com você, sim. Uma habilidade preciosa pode estar escondida dentro do seu coração a espera de ser encontrada, lapidada e apresentada ao mundo. Acredite, isso já aconteceu com pessoas donas dos maiores talentos do mundo como:

Steven Spilberg – O mais famoso diretor do mundo, conhecido pelos seus filmes de Jurarassic Park, Tubarão, ET, entre outros sucessos, foi negado três vezes na universidade da sua cidade e teve que se mudar para cursar cinema e se transformar em no consagrado diretor de Hollywood.

Michael Jordan – A maior estrela de basquete do mundo, acredite, foi cortada do time de basquete da escola. Imagine se ele tivesse acreditado que não tinha talento no primeiro obstáculo.

Walt Disney – O criador do império cinematográfico Disney foi demitido de um jornal antes da fama porque o diretor acreditava que ele não tinha boas ideias. Logo em seguida montou uma empresa de desenhos animados que faliu e quando criou o Mickey ouviu que um rato jamais faria sucesso.

Oprah Winfrey – No início da carreira, a apresentadora afrodescendente foi demitida de um telejornal onde era âncora. Ela foi considerada imprópria para a TV e anos depois se tornou a maior e mais rica apresentadora do mundo. Hoje, inclusive, é dona do seu própria canal de televisão.

The Beatles – A banda mais famosa do mundo de todos os tempos, gravou 15 músicas, mas antes de lançá-las o grupo foi demitido. A produtora chegou a conclusão que eles não eram bons e disse que não gostava de suas músicas. O mesmo aconteceu com Lady Gaga, que foi demitida de sua primeira gravadora após 3 meses de contrato.

Sylvester Stallone – Chegaram a oferecer até 350 mil dólares para que ele NÃO estrelasse o primeiro filme de Rock já que era o dono do roteiro e fazia questão de atuar como o protagonista. Apesar da insistência da produtora, que alegava que o ator não falava direito, e do alto valor oferecido, Stallone não desistiu. E aquilo que colocaram como uma limitação acabou virando uma marca.

Esses são alguns exemplos de que sonhos são particulares, singulares, assim como os seus, e, para que deem certo, é preciso que apenas uma pessoa acredite neles: quem sonha. Se você consegue ver um caminho até o seu objetivo, suspire, coloque um sorriso no rosto e vai! Peça coragem e siga com honra, porque você é do tamanho do seu sonho, caso contrário, ele jamais caberia no seu coração.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Luciano Cazz
"Luciano Cazz é publicitário, ator, roteirista e autor do livro A Tempestade depois do Arco-íris."