Às vezes, a pressão é tão grande que a gente sente que vai explodir!

A vida nos pressiona de todos os lados, família, trabalho, crise mundial, pandemia, conflitos existenciais, emocionais, mentais… Não sejamos hipócritas, a vida está cada vez mais desafiadora, e aqueles que foram pegos desprevinidos, que não estavam trabalhando a si mesmos, estão a ponto de explodir.

Não são poucas as pessoas que se encontram em estado de ebulição, nesse exato momento.

Basta uma faísca, é só o que precisam, para que tudo seja jogado pelos ares.

É tanta gente cuidando da sua vida, que você mesmo, deixou de cuidar. Não é?

O seu superior diz, “Você precisa se dedicar mais”. A sua tia, pergunta, “Quando sai o casamento?”. A sua vó quer que você tenha filhos logo, o seu parceiro diz que você está gastando demais. Sua “amiga”, comenta que parece que você engordou… E a vida segue não deixando barato… é cada provação e cobrança que a gente sofre, que se for parar para contar, a gente começa a sentir pena da gente mesmo.

A mente parece trabalhar incansávelmente, o corpo grita dizendo que não aguenta mais.

É muita pressão.

A alma, já se desconectou do corpo faz tempo, ela nem reage, e inconsciente, a tristeza faz a festa, o medo começa a apavorar o silêncio, e o coração se cala.

A pressão é tamanha que a gente não quer ver ninguém, todas as pessoas passam a ser uma ameaça a nossa sanidade mental. A gente se fecha, e não deixa nem uma fresta aberta para que a luz possa entrar.

No escuro, a gente não enxerga a saída, e perde a alegria de viver. A gente evita sentir porque acha que, sentir é sofrer.

Para muitos, isso tudo é bobagem, “mimimi”, coisa de gente que não tem o que fazer, mas na verdade, isso se chama depressão.

É o estado que vem depois da pressão da vida, isso, se a gente não consegue lidar bem com ela.

Tem gente que não entende que depressão é excesso de preocupação e displicência com o sentir. O sentimento muda a química cerebral. Quem vive a depressão, acha que sente demais, mas a grande verdade é que a pessoa, evita sentir, e é justamente “esse evitar constante”, esse medo de sentir, que a coloca em estado de sofrimento crônico.

Eu sei, é difícil entender que a pressão pode ser boa pra muita gente, é capaz de levar a pessoa adiante, e a faz mais forte, porque pra você, é dilacerante.

O fato é que a pressão só é boa para quem conhece a si mesmo e as suas necessidades. Para quem trilha o caminho do autoconhecimento e desenvolve a inteligencia emocional para lidar com os desafios da vida e aprender com eles.

A pressão faz diamentes, mas também explode pedras!

E é a resiliência que transforma pedra em diamante.

Para se fortalecer diante da pressão que a vida impõe, a gente tem que ser resiliente, a gente tem que se tornar consciente e sentir prazer em aprender as lições que a vida quer nos ensinar, com cada situação, por mais difíceis que elas sejam.

Se você está deprimido, e sente que está prestes a explodir, não espere explodir para pedir ajuda! A terapia vai revelar o diamante que você é. Me chame no direct @ehamuche e agende um atendimento individual.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

*Imagem de capa: Reprodução/divulgação/filme: O chão sob meus pés.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.