Após vencer Covid, mulher encontra doadora de plasma que salvou sua vida: vídeo

Resiliência Humana
apos-vencer-covid-mulher-encontra-doadora-de-plasma-que-salvou-sua-vida-video

Após vencer Covid, mulher encontra doadora de plasma que salvou sua vida. Elas não se conheciam e pela primeira vez se encontraram em nome da gratidão.

Unique Edwards, paciente recuperada da Covid-19, queria agradecer pessoalmente à doadora de plasma, Kris Klug, que salvou sua vida.

A gratidão é um sentimento que contagia, e que se enaltece a vida. Unique sabe bem disso, e resolveu demonstrar toda a sua alegria em ter tido uma nova chance de viver, e essa chance foi concedida a ela por uma desconhecida, que simplesmente se colocou a disposição e quis fazer a diferença na vida de uma outra pessoa.

O encontro foi na terça 13, no Versiti Blood Center de Wisconsin, em Milwaukee, EUA. E foi a grande oportunidade que Unique precisava para falar a doadora Kris que ela é a razão pela qual ela está viva hoje.

“Quase não consegui. Se não tivéssemos o plasma, eu não estaria aqui. Estou muito agradecida”, disse Unique.

Covid

Em maio, Kris testou positivo para COVID-19, se recuperou e começou a doar seu plasma para ajudar outras pessoas a lutar contra o vírus.

“Se você tem algo para dar, em algum lugar, isso vai voltar para você”, disse.

Kris não sabia o impacto que sua doação teria para Unique. Ela é mãe de três filhos e começou a sentir os sintomas do COVID-19 em junho.

“A coisa mais difícil era não conseguir respirar”, disse Unique.

Foi durante a internação que ela recebeu a doação de plasma de Kris.

Anticorpos

“O tratamento é administrar anticorpos de outra pessoa que já teve Covid pra ajudar a combater a infecção”, disse o Dr. Thomas Abshire, Diretor Médico da Versiti.

Dr. Abshire afirmou que devido a um aumento nas hospitalizações por COVID-19, a necessidade de doações de plasma é crucial, agora mais do que nunca.

Irmãs de sangue

Unique disse que é por causa da doação de Kris que ela pode ver seus filhos novamente. As duas agora se chamam de “irmãs de sangue” e esperam que seja o início de uma longa amizade.

“É indescritível. Sou grata. Nunca pensei que teria outro pedaço de alguém comigo, mas o fato de você ter uma segunda chance significa tudo … Você significa o mundo para mim ”, disse Unique à Kris.

Fazer a diferença no mundo e para outra pessoa é tão simples, e é tão difícil de acreditar que muitas pessoas não se atentam a necessidade de ajudar, mesmo quando possuem a oportunidade de fazer algo por alguém.

Vamos nos colocar solidários e prontos para ajudar quem precisa, às vezes, atos simples, salvam vidas.

*Com informações WXYZ.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia