Apaixone-se por quem TE AME, TE ASSUMA, te compreenda mesmo na loucura, e que CONFIE em você.

Iara Fonseca

Se eu pudesse dar um CONSELHO diria: “Apaixone-se por alguém que TE AME, que TE ASSUMA, te compreenda mesmo na loucura, que CONFIE em você”.

Apaixone-se por alguém que TE AJUDE, que TE GUIE, alguém que te trate com RESPEITO que seja teu APOIO, teu sonho bom.

Que diga EU TE AMO com ATITUDES e não apenas com palavras. Que basta UM SIMPLES GESTO para melhorar seu dia!

Apaixone-se por alguém que converse depois de uma briga, RECONHECENDO o erro e pedindo DESCULPAS com o coração.

Apaixone-se por alguém que SINTA sua falta e PRECISE de você sorrindo…

Quem ama, cuida.

Quem gosta, protege e se importa…

Quem ama quer sim formar família, preparar um café da manhã, planejar a viagem de fim de ano, caminhar em noites frescas lado a lado, e em dias ensolarados suar até rasgar os lençóis…

Apaixone-se por quem te dê atenção, mesmo nos dias mais difíceis de hormônios aflorados e agitados. Mesmo nos dias onde nem a gente mesmo se atura, mas esse alguém, diz entender… Compreende a agitação do mundo e o que o mundo está fazendo com você, mas te aconselha a fazer mais pelo mundo, pelo menos aquilo que você quer dele. E te lembra que o mundo é um espelho que reflete aquilo que exatamente oferecemos a ele.

Apaixone-se por uma pessoa, não por uma imagem… Por um ser íntegro com defeitos e qualidades, e não exija perfeição, já que você quer que respeitem e desculpem os seus erros.

Entregue o seu coração para aquele que já aprendeu a amar, e que já sabe dar valor ao amor que dedicam a ele. Nunca se apaixone por uma ilusão criada por você, esfregue os olhos e procure enxergar claramente, imaginar o futuro, mas sem fantasias, só o que será realmente possível, visto a realidade atual dos dois.

Mas apaixone-se… Com o filtro certo… em busca do amor verdadeiro!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS







COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!