Ano Novo, vida nova e a expectativa de tudo novo e para melhor. Será?

O iniciar de um ano novo sempre deu a conotação de divisor de águas. Todos esperam seu início com boas vibrações, independentemente de ser comemorado em grande estilo ou não.

O estar sozinho no ano novo não significa solidão e diga-se de passagem, não há nada pior que a solidão acompanhada, não é mesmo?

Para quem viveu esse tipo de sofrimento que dói na alma, sabe do que se trata.

O balanço de fim do ano funciona como uma faxina necessária para descartar tudo aquilo que não foi legal e nem acrescentou para dar espaço para novas novos esperanças entrarem.

O caminho mais curto para realização do impossível e do improvável é idealizar e sonhar, nutrindo-se de bons pensamentos.

Se formos parar para pensar, chegaremos à conclusão de que foi exatamente dessa forma que grandes milagres de abundância operaram em nossas vidas. Onde o querer muito e o desejar fervoroso foram as molas impulsionadoras capazes de fazer toda uma engrenagem funcionar a nosso favor.

O fator fé encontra-se subtendido e nem precisa comentar, tamanho o seu poder.

Na maioria das vezes não sabemos como acontece, mas temos a certeza de que ao final tudo acaba bem e da melhor forma possível, chegando até a nos surpreender, superando todas as expectativas.

Mas para esperar algo grandioso, tudo é válido e porém, precisamos dar o primeiro passo de uma caminhada de triunfo.

Podemos começar fazendo coisas simples capazes de conectar, gerando bons fluidos, tais como estabelecer frequências de paz, promover ações lucrativas, cuidar da saúde física e mental, desapegar, deixar ir, soltar e se abrir para o amor, descobrir nossa paixão e por aí vai.

Só pular as setes ondas, vestir cores na passagem, não nos levará a nenhum lugar seguro. É preciso mais, é preciso ousar com coragem, se desafiar, correr atrás do que se quer.

É sempre bom fazer uma prece de clamor e de agradecimento.

Desejar ao próximo o melhor, como se quer para si mesmo, fazendo dessa forma, uma verdadeira corrente que vai se espalhando.

O que podemos esperar do Ano Novo?

Lembre-se de mudar o foco, sempre para as coisas boas da vida e para tudo o que deu certo. Isso é essencial para te motivar a seguir sempre em frente. Assim tudo flui e tudo se transforma.

Então, vamos nos unir, em boas vibrações, transformando o mundo ao nosso redor.

Que tal começarmos agora com um sorriso, capaz de contagiar e fazer com que quem esteja perto abra um sorriso também?

São essas pequenas atitudes que te motivarão a fazer algo maior e melhor.

Seja a transformação que você quer ver no mundo e com certeza terás um ano transformado e renovado pelas boas energias virão das suas boas ações por mais simples que elas sejam.

O ano Novo só trará vida nova para melhor para quem parar de esperar e começar a agir.

*Foto de Milan Csizmadia no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Idelma da Costa, Bacharel em Direito, Pós Graduada em Direito Processual, Gerente Judicial (TJMG), escritora dos livros Apagão, o passo para a superação e O mundo não gira, capota. Tem sido classificada em concursos literários a nível nacional e internacional com suas poesias e contos. Participou como autora convidada do FliAraxá 2018 e 2019 e da Flid 2018.