Dois amigos, de Maringá, PR, protestaram contra o aumento do preço dos combustíveis em um carro inspirado no desenho Os Flintstones.

Para a nova geração que não conhece, Os Flintstones é uma série de televisão animada que foi exibida de 1960 a 1966 e reproduzida até os anos 90. O desenho retrata o cotidiano de uma família de classe média da Idade da Pedra.

O carro da família Flintstones era movido por tração humana e não precisava de combustíveis. Em uma forma de protesto, os dois amigos de Maringá, resolveram contruir um carro no mesmo formato e sairam pelas ruas da cidade.

Como informou a rádio Estúdio FM, no carro, eles colocaram um cartaz que dizia: “Tá caro, não dá mais! Vendo! Aceito pix!”, sugerindo que daqui para frente todos precisarão ter um carro como o da família Flintstones.

#BombandonaNet | Protesto contra o preço da gasolina tem carro de Flintstones, saiba mais:

Publicado por Rádio Studio 87.7 FM – Studio TV – Veranópolis em Quarta-feira, 3 de novembro de 2021

O que vocês acharam da ideia? Será que estamos voltando para idade da pedra? É hora de investir em outros tipos de combustíveis renováveis que não agridem a natureza e nem provocam tanta especulação financeira.

A Noruega se tornou o primeiro país a ter 50% dos véiculos elétricos, de acordo com a Istoé, mas o que parece é que o mercado abafa todas as tecnologias que vierem atrapalhar o plano econômico e o monopólio de poder que a indústria dos combustíveis fósseis se tornou.

Os carros elétricos, infelizmente, ainda são extremamente caros no Brasil e o país ainda contém poucos postos de abastecimento, a população fica refém da gasolina, do álcool e do disel.

Protestos como esses soam engraçado, mas no fundo, estamos vivendo momentos de profundo desespero. Os brasileiros, praticamente, estão pagando para trabalhar e, certamente, quem mais sofre com isso, são os trabalhadores, os mais necessitados, aqueles que estão vendo, não só os preços dos combustíveis aumentárem descontroladamente, como os bens e serviços que são carregados por eles, como alimentos e itens básicos para a sobrevivência.

Montar uma cesta básica nunca foi tão difícil… passamos por tempos de escassez e precisamos urgentemente levar isso a sério. Chega de brincadeiras!

*DA REDAÇÃO RH.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia