Amiga da onça: Falou mal de mim, depois se fez de vítima. Perdoar eu perdoo, mas não quero mais vínculo. Só me afato e pronto.

Poucos conhecem a verdadeira origem desse expressão “amiga da onça”, mas a maioria sabe o que quer dizer.

A título de curiosidade, o Amigo da Onça foi um personagem criado pelo chargista Péricles Andrade Maranhão, para a revista “O Cruzeiro”, na década de 1940.

O diretor da revista, Leão Gondim de Oliveira, fã do personagem “El inimigo dele Hombre” (O Inimigo do Homem), de uma revista argentina, queria um tipo bem carioca, esperto, que sempre levava a melhor sobre os outros.

O nome do personagem, que acabou virando sinônimo de amigo falso, que vive colocando os outros em situações perigosas ou embaraçosas, foi tirado de uma piada que fazia muito sucesso na época, entenda:

“Dois caçadores estão conversando:

– O que você faria se estivesse na selva e aparecesse uma onça na sua frente?

– Dava um tiro nela

– E se você não tivesse uma arma de fogo?

– Furava ela com minha peixeira

– E se você não tivesse uma peixeira?

– Pegava qualquer coisa, como um grosso pedaço de pau, para me defender

– E se não encontrasse um pedaço de pau?

– Subia numa árvore

– E se não tivesse nenhuma árvore por perto?

– Saía correndo

– E se suas pernas ficassem paralisadas de medo?

Nisso, o outro perdeu a paciência e explodiu:

– Peraí! Você é meu amigo ou amigo da onça?”.

Daí, nasceu a famosa expressão “amiga da onça”. Aquela que traz mil e uma objeções, joga areia, ridiculariza as suas conquistas, só pede favores, sempre parece estar favorecendo aos outros ou a si mesma, e depois diz que só queria ajudar.

Ela é aquela que chega como um furacão espalhando toda a sua sujeira por onde passa, e acredita que está abafando. Fala uma coisa pra você, depois diz outra para os outros, escuta o que você disse, depois, distorce tudo o que ouviu. Ela não faz isso por maldade, é o seu meio de vida, ela só sabe ser assim.

Infelizmente, a gente ainda vai cruzar com muitas amigas da onça por aí, aquela que nem espera seu corpo esfriar e já tá lá, pisando em cima de você, antes mesmo da terra ter te comido.

É, quem já sentiu na pele o que é ter uma amiga dessas, sabe o quanto que elas podem criar situações negativas e inventar cenários fictícios para se sair bem a qualquer custo.

A amiga da onça nunca tem culpa de nada, culpado mesmo, são os outros. Ela se vitimiza, se coloca em uma posição de injustiçada, e quer que o mundo pense que ela é uma mulher forte e guerreira, quando na verdade, ela não passa de uma invenção pitoresca.

Ela é aquela amiga que todo mundo convida para a festa porque é engraçada e alegre, mesmo sabendo que a alegria dela é mantida, com a desgraça alheia.

Muitas amigas da onça, se dizem religiosas, vão a Igreja, ao Centro, ao Templo, onde puderem ir, elas vão, para manter a imagem de boa samaritana, mas não perde uma oportunidade de falar mal de alguém.

A língua delas chega a ter quilometros… e o veneno, esse sim, quando atinge o alvo, e esse alvo não está muito seguro de si, faz o maior estrago.

Quem nunca ouviu falar em uma amiga que se fazia de honesta e íntegra, e quando teve a oportunidade, puxou o tapete da outra, sem só nem piedade?

E aquela que ia na sua casa todo dia te fazer “companhia”, mas na verdade, estava interessada no seu marido?

E aquela que vivia te pedindo ajuda, conselhos, roubava o seu tempo indisciminadamente, e na primeira vez que você disse que não podia atendê-la prontamente, ela saiu te difamando pelas costas? Conhece alguma?

Existem milhões de casos de amiga da onça, você com certeza deve ter uma história pra contar. Deixe aqui nos comentários a sua história. Eu sei que a vontade era marcar umas pessoas nesse texto, para alertar todas as outras, que ali, existe uma “amiga da onça”.

Não caia mais no papinho dela, não.

Eu aprendi a minha lição, não caio mais, perdoar até perdoo, mas não quero mais vículo nenhum, só me afasto e pronto.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Iara Fonseca, jornalista, escritora, editora de conteúdo dos portais Resiliência Humana, Seu Amigo Guru, Homem na Prática e Taróloga. Para agendar uma SESSÃO DE AUTOEXPANSÃO com a Iara, mande um direct para @ESCRITORAIARAFONSECA

Imagem de capa: meramente ilustrativa, BBB 21.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA, SEU AMIGO GURU e HOMEM NA PRÁTICA. Neurocoaching e Mestre em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram @escritoraiarafonseca .