Alguns vão te amar por quem você é, outros vão te odiar pelo mesmo MOTIVO.

Muitas pessoas vão te amar pelo que você é e pelo que você faz, outras vão te odiar pelo mesmo motivo. Devemos nos acostumar com isso porque muitas vezes caracteriza a dinâmica de nossos relacionamentos quando somos nós que temos sucesso em algo.

Não podemos ser queridos por todos, nem todos podem gostar de nós. Nesse sentido, devemos estar atentos que muitas vezes o que não agrada a certas pessoas é a luz que emitimos.

Porque dito de alguma forma, o que nos torna grandes também ofusca algumas pessoas, que provavelmente estão lidando internamente com algum desejo oculto que pensam ter sido negado.

Quem te ama te faz brilhar

Os verdadeiros anjos da guarda são aquelas pessoas que em determinados momentos da nossa vida aparecem e nos iluminam , fazendo-nos brilhar e eliminar os recantos que nos obscurecem ou que não fazem justiça às nossas virtudes.

Neste ponto, as palavras não valem os fatos. A magia nos cerca e maravilhas salpicam nossa realidade, fazendo-nos ver o quanto valemos quando parece que esquecemos onde está o interruptor que nos iluminou.

Todos, absolutamente todos, têm uma lâmpada, algo que nos move e nos torna especiais, algo que nos dá a capacidade de oferecer ao mundo uma especialidade. Haverá aqueles que são muito bons no que fazem, aqueles que são capazes de amor excessivo e aqueles que manejam mais de uma habilidade que os torna únicos.

Mas, como dizemos, haverá quem queira apagar essa luz, “aquele algo especial” que nos define. Às vezes será difícil para nós lidar com isso, mas o que devemos considerar é que SÓ PODEMOS DAR VALIDADE ÀS INTENÇÕES DOS OUTROS EM NOSSA PESSOA.

O demônio da inveja

A inveja não é 100% insana, porque enquanto não conduz a ações nocivas para os outros (ou para nós próprios), está a conduzir-nos para o que gostaríamos de ter. Ou seja, nos dá pistas sobre o caminho que gostaríamos de seguir.

No entanto, a inveja torna-se totalmente prejudicial quando sucumbimos ao seu feitiço, minando nossa autoestima e amor-próprio. Isso nos predispõe a uma comparação desvantajosa e, às vezes, transformamos essa ganância em um ataque sombrio e sinistro que visa aprisionar nosso objeto oculto de admiração.

Ou seja, às vezes essa mesma inveja se mistura a outros sentimentos como o ódio, voltando para a pessoa que emite uma imagem de suas frustrações em uma lupa. Por meio dessa imagem, o talento e os sucessos dos outros são condenados, gerando comportamentos que buscam prejudicar o outro.

Temos a tendência de prestar mais atenção ao motivo da inveja do invejoso do que avaliar o que isso significa para o invejado. Não podemos esquecer que o facto de nos invejarem (e “nos odiarem por aquilo que nos faz brilhar”) é um grande sofrimento que nos afasta da realidade e gera desconfiança.

Não é por acaso que as pessoas que se destacam se encontram sozinhas em um mundo onde estão rodeadas de pessoas. Não é estranho, então, que não se saiba distinguir entre amigos verdadeiros, interessados ​​ou invejosos.

Além disso, isso acaba nos fazendo questionar se nosso sucesso ou nossa luz nos pertence ou é uma miragem que não merecemos. Isso geralmente se transforma em uma longa cadeia de inseguranças e arrependimentos que podem eventualmente obscurecer nossas virtudes.

O dano de ser invejado pode ser superado se reforçarmos nossas crenças positivas em nós mesmos. Nesse sentido, não podemos esquecer que certas circunstâncias ou acontecimentos sempre provocarão certas comparações, mas isso não deve nos depreciar.

Cada um deve saborear as suas virtudes sem destruir as dos outros, afastando a inveja doentia e promovendo o que nos edifica, que nada mais é do que a nossa capacidade de admirar e crescer junto com os outros.

Alguns vão te amar por quem você é, outros vão te odiar pelo mesmo MOTIVO.

*DA REDAÇÃO RH. Com informações LMM Foto de Trac Vu no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia