Alguns de nós somos melhores em dar um presente do que em recebê-lo.

Alguns de nós somos melhores em dar um presente do que em recebê-lo. Quando um presente nos é oferecido, murmuramos coisas sobre, como eles não deveriam ter se incomodado, ou sobre como não o merecemos, ou sobre como custou muito dinheiro ou deu a eles muito trabalho.

Da mesma forma, quando duas pessoas discutem quem vai pagar uma refeição, existe um “rubor” no ar, como se devêssemos pagar sempre, se somos nós, quem possui uma situação financeira mais confortável. Um insiste e o outro insiste mais, ou um se doa e o outro se sente mal em aceitar. Parece que ninguém quer receber um presente, sem que antes, possa oferecer o mesmo.

Tudo isso pode significar algum constrangimento social, mas quando se trata de receber de Deus, fica mais sério.

Nosso comportamento e, muitos outros semelhantes, muitas vezes, nos impedem de abraçar o presente que está sendo oferecido.

Mas a grande verdade é que, não há necessidade de hesitação ou constrangimento.

Precisamos de misericórdia, precisamos de perdão, precisamos de ajuda. E tudo isso nos é oferecido, porém, temos ainda, uma mensa dificuldade em aceitar. Desmerecer essa necessidade pode trazer consequências eternas.

Dizer que não precisamos da graça é enganar a nós mesmos.

Nossa bondade relativa não é boa o suficiente para a bondade perfeita de Deus.

Dizer que não merecemos isso é completamente errado.

Quando pensamos assim, que não merecemos a graça, que é basicamente bondade divina estendida a humanos indignos, nos colocamos em uma posição ingrata.

Se fecharmos nossas mãos com firmeza ou cerrarmos os punhos em desafio, nunca poderemos receber o que nos é oferecido.

Precisamos nos colcoar na vida de mãos e corações abertos. Precisamos perceber que, quando se trata da graça, é melhor receber do que dar. E entender que quanto mais recebermos, mais teremos o que compartilhar.

Essa é a real beleza da vida! Entender que o amor de Deus está a nossa disposição e, principalmente, saber receber com a consciência de que somos merecedores.

*DA REDAÇÃO RH. Com informações Hope.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia