AÇÃO E REAÇÃO: Não há culpados para as nossas escolhas, há apenas, consequências.

Quando você se aproveita da fragilidade de alguém, tempos depois, outra pessoa faz o mesmo com você.

A lei da ação e reação engloba a lei do karma que diz que tudo o que você faz têm consequências, e você terá que lidar com elas, uma hora ou outra.

Todo pensamento, desejo, imaginação e sentimento causa uma reação. A virtude traz sua própria recompensa; o vício traz sua própria punição. É assim que funciona a lei da ação e reação.

Se eu escolho irradiar alegria para os outros, se eu escolho aliviar o sofrimento dos outros, sem dúvida, receberei mais ou o mesmo daquilo que ofereci.

Se eu ferir outra pessoa, se eu causar sofrimento e dor a alguém, mesmo que, aparentemente, eu esteja bem agora, internamente, entrarei em conflito e em sofrimento.

Não é culpa de Deus ou da vida, não há punição para os maus e recompensa para os bons, o que rege a vida é a lei, que se movimenta e gera seus frutos.

Não há culpados para as nossas escolhas, há apenas, consequências.

Se você escolhe agir com indiferença diante do pedido de ajuda de alguém que se encontra fragilizado e necessitado, ou prefere se aproveitar desse momento de vulnerabilidade do outro para obter benefícios próprios, não tenha dúvidas que, você colherá as consequencias dessas suas escolhas, nessa vida, ou no pós-vida.

Ninguém está isento de passar por um momento de fragilidade. Por isso, quando você entende essa lei, você não fere, não humilha, não abusa, não alimenta, nem envia pensamentos negativos, não reage as emoções sombrias com impulsividades e não guarda sentimentos negativos porque sabe que, quem sairá prejudicado, será você.

Quem promover sofrimento e dor, colherá exatamente o que plantou, porque não há um só ser no mundo que plantou milho e colheu banana, não há registros de um fenômeno assim.

Você só pode colher exatamente aquilo que você plantou, e só vai colher bons frutos se o semear com cuidado e corretamente, caso contrário, a sua plantação não florescerá.

Escolha promover ações virtuosas, pois elas te trarão paz, alegria, força e felicidade pura, primeiro internamente, e se esse plantio for consistente, tempos depois, bençãos se materializarão em todas as áreas da sua vida.

Entenda que, ações virtuosas e beneviolêntes não são aquelas que fazemos pensando em ganhar algo em troca, mas sim, aquelas que fazemos em silêncio, sem plateia e sem necessidade de reconhecimento.

Quem se aproveita da fragilidade de alguém, não reconhece a lei da ação e reação, mas tempos depois, outra pessoa se aproveita dele também, e ele se pergunta: O que eu fiz para merecer?

Bom, você já sabe o que ele fez, não é mesmo?

Aquele que busca tirar vantagem de todas as situações, mesmo às custas da fragilidade dos outros, inevitavelmente, uma hora vai colher o que está plantando.

Se você precisa de ajuda para começar a plantar boas sementes, me chame no direct @rhamuche, para uma consulta individual, quanto antes você começar a promover ações positivas em sua vida, melhor.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar. Photo by Johannes Krupinski on Unsplash.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.