A vida nos ensina lindas lições quando somos humildes para aprender!

Aprender com a vida é uma arte, e infelizmente, não é algo assim tão fácil de conseguir porque ela exige de nós uma virtude que anda meio escassa nos seres humanos: a humildade.

Sem humildade, você acredita que já sabe tudo, você se sente superior, fala muito e escuta pouco, quer ensinar até o que não sabe e fica tentando encontrar justificativas para os erros que você cometeu.

E não ter a coragem de admitir os próprios erros, para os outros e para si mesmo, além de demonstrar falta de humildade, vai te impedir de conquistar aquilo que você quer, porque inevitavelmente, você vai acabar cometendo o mesmo erro novamente.

Quando a gente não tem humildade para admitir os nossos erros, a gente não aprende com eles, e com isso, a gente fica girando em círculos, e volta a cometê-los. Ficamos lamentando a sorte, e não conseguimos perceber porque os resultamos que obtemos não estão sendo satisfatórios.

É preciso olhar para as situações da vida com humildade se queremos verdadeiramente aprender com elas. Se desejamos nos tornar pessoas melhores e superar os nossos próprios limites.

Sem humildade,colecionamos frustrações, culpamos e julgamos os outros, por tudo o que não conseguimos resolver sozinhos.

Ser humilde é dizer para a vida que estão dispostos a agir diferente para colher frutos mais positivos.

Ser humilde é se colocar aberto a pensar e agir em concordância com a vida. É para de brigar com a realidade e passar a aceitar o fluxo dos acontecimentos com um olhar mais atento aos detalhes.

Porém, enquanto não desenvolvemos a humildade de reconhecer onde erramos, de admitir a nossa parcela de responsabilidade diante dos acontecimentos e imprevistos, a gente coleciona frustrações e arrependimentos.

Se arrepender é bom, é um sinal de que aprendemos, ao menos, alguma coisa com a situação que vivemos. Porque quem não se arrepende de nada, prova do veneno do próprio orgulho e recebe a conta da própria arrogância.

Eu já fali algumas vezes na vida, em meus relacionamentos, e na minha vida profissional, mas sempre ressurgi das cinzas, como uma fênix, porque soube aprender com os erros que eu mesmo cometi. E voltei para o jogo com mais entusiasmo, mais obstinado a fazer ainda melhor do que eu já tinha feito.

Mudar de estratégia, mudar de parceiros, mudar de cidade, de atitude, mudar os pensamentos e ser mais flexível, me fez chegar onde eu cheguei hoje. E eu me sinto feliz por ter mudado de postura, todas às vezes, que a vida me pediu.

Celebro a minha decisão de ser humilde para aprender as lições que a vida trouxe em cada situação desafiadora que tive que enfrentar.

Agora, se algo anda muito errado na sua vida, não culpe ninguém por isso, pergunte-se onde foi que você errou, não para se culpar e se martirizar, mas sim, para entender profundamente qual é a lição que a vida quer te ensinar. Existe uma linda lição disfarçada nesse problema, mas você precisa estar disposto a aprender.

Quando você aprende as lições que a vida quer te ensinar, mesmo que uma porta se feche, milhares de outras janelas começam a se abrir.

Se coloque humilde diante da vida e você vai ver que, em pouco tempo, você conseguirá enxergar soluções onde antes, só haviam problemas. E se você está achando difícil entender o que a vida quer te ensinar, quais lições você prcisa aprender, procure ajuda profissional.

Me chame no direct @rhamuche e agende um atendimento individual.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar. Foto de jaikishan patel no Unsplash.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.