A vida fica mais fácil quando a gente sabe onde estão os beijos que a gente precisa!

Um beijão bem dado, daqueles que a gente só costuma ver no cinema, pode provocar muito mais do que um suspiro em quem está apaixonado. Ele turbina a libido, ajuda a aliviar as dores e até indica a quantas anda o seu relacionamento. E você, já deu uma “bitoca” hoje?

Beijar, com vontade e sinceridade, é um dos modos mais eficientes de manifestar os nossos sentimentos.

Por meio da saliva, o homem lança testosterona, hormônio que é ligado ao desejo sexual, no corpo da mulher. Por isso, não há jeito melhor ou mais carinhoso de abrir caminho para um namoro.

Os beijos nos ajudam a relaxar.

O toque dos lábios e o cheiro do parceiro ativam no nosso cérebro a produção de serotonina, dopamina e oxitocina, substâncias que aumentam o bem-estar e reforçam os vínculos.

Os beijos possuem o poder de aliviar a dor.

A excitação provocada pelo beijo acelera os batimentos cardíacos e provoca a dilatação dos vasos sanguíneos do corpo todo, o que aumenta o transporte de sangue para os tecidos e ameniza as dores, como a cólica e a enxaqueca.

Beijos demorados diminuem a incidência de rugas.

Um beijo apaixonado e cheio de cumplicidade é capaz de movimentar 29 músculos da língua e do rosto. O gesto cheio de boas emoções, além de gastar calorias, também funciona como uma ginástica facial.

Os beijos estimulam os sentidos, pois provocam todas as sensações corporais.

A ação de beijar inclui: tato, toque dos lábios e encontro corporal; olfato, estimulado ao sentir o cheiro do parceiro; paladar, representado pelo gosto do parceiro; a audição, que permite ouvir a respiração e os ruídos que fazem parte de um bom beijo; e por fim a visão, com a observação do outro.

Você tem encontrado os beijos que tanto procura?

Decepções amorosas, traumas ou mesmo falta de esperança são sentimentos comuns experimentados por pessoas que têm dificuldade em arrumar um parceiro fixo.

Elas podem não perceber, mais geralmente são as “culpadas” pela própria solteirice ao dar ouvidos aos sabotadores mentais que tanto atrapalham as relações.

No entanto, se você está enfrentando sérias dificuldades de encontrar um parceiro compatível para receber e oferecer os beijos que você tanto precisa e ter todos esses benefícios… Se você anda beijando sapo achando que um dia ele vai se transformar em um príncipe, sugiro que busque ajuda da psicoterapia para compreender melhor os motivos que o levaram a desenvolver esta dificuldade.

Chame no direct @rhamuche e agende a sua consulta com um profissional.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.