A presença do Arthur na casa, incomoda muita gente, inclusive eu!

Por Iara Dupont

Voltando ao ponto. Sim, o programa BBB é um reflexo da sociedade brasileira.

E por que algumas mulheres se incomodam com a presença do Arthur na casa? Simples. Porque já sabemos o que ele representa.

Arthur tem a sua trajetória artística, mas vamos parar de ser ingênuas, não foi isso que o levou ao programa.

Depois de uma separação traumática, a esposa de Arthur contou nas redes tudo o que sofreu com ele, infidelidade, abusos psicológicos e abandono na gravidez.

Todas as mulheres se comoveram. Todas já passamos por um “Arthur” na vida.

Depois de um tempo a esposa resolveu perdoa-lo e eles voltaram a ser uma linda família. Nesse momento entra a operação “limpeza de imagem”.

Arthur foi orientado e preparado para entrar no BBB com o objetivo de “apagar” essa imagem que temos dele.

Muitas mulheres o defendem dizendo que não podemos confundir um jogo com a vida pessoal. Lá dentro ele é um príncipe. Mas ele não foi chamado ao programa por ser um “príncipe”, ele entrou com sua bagagem e a intenção de limpar a imagem.

A esposa ignora (ou não), mas Arthur é um gatilho para milhões de mulheres por um motivo: estamos cansadas dessa impunidade diante do comportamento masculino errado.

Passar a mão na cabeça dele é continuar cimentando a ideia de que os h;mens podem magoar, usar e abusar de uma mulher e está tudo bem! Eles serão perdoados, acolhidos e recompensados com prêmios de milhões de reais.

H;mens assistem e entendem que podem continuar aprontando, porque serão perdoados.

Como podemos querer uma sociedade melhor se continuamos protegendo h&mens que magoam as mulheres?

Mas o Arthur se arrependeu! Deus o transformou!

Já conhecemos esse discurso! De novo?

Por que Deus não salva esses h&mens antes deles machucarem as mulheres? Tem que esperar eles fazerem bobagem para que Deus os salve?

É uma impunidade emocional! É isso que cansa! A eterna mensagem de que todos eles serão perdoados! Não! Chega disso!

A que horas eles vão se responsabilizar pelos seus atos? Até quando as mulheres vão perdoar?

Arthur é Arthur. Nós conhecemos centenas de “Arthur”.

Sabemos como eles são. Nós sabemos.

——
*DA REDAÇÃO RH. TEXTO DE IARA DUPONT – Conheça os ebooks no link azul ou peça o pix por DM e transforme sua vida💝

*Foto meramente ilustrativa/reprodução Instagram.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia