Paulo Gustavo foi um dos maiores comunicadores e humoristas de todos os tempos, e deixou um legado de amor, e sobretudo de bom humor.

A gente fica com raiva dessa doença desgraçada, dessa Pandemia, desse vírus que existe e tem matado tanta gente.

A gente fica indignado com essa galera doente de alma, com essa turma que nega a gravidade dos fatos…

A morte de Paulo Gustavo deixa a gente assim. Sem palavras. Indignado. Com tudo.

É um misto de muitos sentimentos.

Um abraço apertado em todos os familiares, marido e filhos de do ator.

Que a humanidade vença essa doença.

Que Deus abrace o seu coração, e o coração de cada um de vocês, que tem um familiar ou perdeu um familiar para essa doença.

Não podemos brincar com a vida, mas o que mais queríamos agora é poder rir com ele, e acreditar que tudo isso não passa de uma brincadeira de mal gosto.

Porque é exatamente assim que nos sentimos, palhaços, maltratados e humilhados, largados as traças sem nenhum cuidado.

Muitos ainda saindo as ruas em protestos pedindo que as pessoas “morram” pelo seu comandante. Isso chega a ser criminoso.

Nada será como antes, tudo está fora de contexto e é preciso voltar a razão, porque muita gente a perdeu a muito tempo!

Os céus estão em festa!

Que você seja recebido pelos anjos! Pessoas boas e iluminadas estão deixando esse mundo e o que nos resta é viver o luto.

Aproveite cada segundo da sua vida, ela é um sopro divino e nunca saberemos quando ela vai acabar, e geralmente ela acaba assim, de uma hora para outra.

*Texto escrito em duas mãos Por Edgard Abbehusen e Iara Fonseca

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia