A malediscência e a manipulação são caracteristicas daqueles que fingem ser bons, mas não são.

Por Iara Fonseca

Ultimamente tenho pensado muito a respeito de como a manipulação, a mentira e a malediscência podem mascarar e proteger aqueles que fingem serem bons, mas não são.

Eu sofro a perseguição de algumas pessoas que se dizem corretas, honestas, que socialmente, apresentam uma figura exemplar, mas que no interior de seus corações planejam ataques sutis, manipulam estratégias na surdina e espalham mentiras, como se verdades fossem.

Em meditação, perguntei a Deus o que essas pessoas poderiam me ensinar, já que elas fazem parte da minha vida e não poderei as excluir, sem que, para isso, eu tenha que prejudicar outras pessoas.

Ouvi claramente a resposta vindo diretamente do meu coração, quando me acalmei e me abri para o amor, sem julgamentos.

Uma sensação de alívio me abateu, como se eu não tivesse mais que lutar contra ninguém, muito menos, contra mim mesma.

Ouvi meu coração dizer que a verdade será revelada e que eu não preciso mais me preocupar com as tentativas maldosas e ardilosas dessas pessoas, porque eu estou sendo protegida pelos anjos que estão guiando o meu caminho.

A mensagem foi precisa:

Os ímpios sempre tentarão nos fazer parecer quem não somos, para que nós mesmos, passemos a duvidar das nossas próprias intenções.

Portanto, eu não deveria me deixar abater quando percebesse incoerencia nos argumentos.

Ele disse: “Não caia na manipulação e não ligue para a malediscência”.

Ele quer que eu confie na minha capacidade de resolver tudo o que precisa ser resolvido e, sobretudo, que eu esteja convicta de que eu sigo sendo protegida na mesma medida que eu busco essa proteção.

O meu coração me disse que eu deveria olhar apenas para mim, para tudo que já vivi e superei. Para todos os anos que sofri sozinha, para as necessidades que passei junto aos meus filhos.

Em profunda conexão com a espiritualidade, me senti acolhida e valorizada, justamente porque, essas lembraças do passado, me fizeram perceber o quanto cresci quando acreditei em mim e parei de esperar que essas mesmas pessoas me estendessem a mão.

Essas mesmas pessoas que me ameaçam ainda hoje, que querem me ver cair, que desejam que eu me revolte contra elas, para que elas possam se sentir no direito de me fazer mal, são apenas molas que me impulsionam e me fazem ser melhor.

Na escola da vida, eu supero todos esses testes percebendo em mim, os pontos que eu ainda preciso iluminar para que eu não me desvie do meu propósito divino. E nem venha a cair em tentação, me debruçando na justificativa de que, estou sendo perseguida e ameaçada.

Ouvi meu coração dizer para que eu, mesmo diante do ataque injusto, da manipulação inteligente, permaneça vibrando no amor, porque é nesses momentos de provação, que eu provo a minha confiança em Deus.

Em 2017, escrevi um texto que intitulei “Caminhos fáceis nos corrompem, caminhos difíceis nos fortalecem!” e esse foi um dos anos mais difíceis de toda a minha vida.

Seguiram mais alguns anos onde tive que ser muito corajosa, comprometida e confiante, mesmo com todas as situações desafiadoras que tive que enfrentar, mesmo com fortes motivos para jogar a toalha, eu não desisti, eu continuei me dedicando com resiliência, fazendo tudo o que eu podia, para promover o sustento dos meus filhos e, para ampará-los, quando tudo parecia desabar sobre as nossas cabeças.

Naquela época, citei um trecho de um texto para recordar a minha verdadeira essência que, por conta de tantas provações, eu havia me esquecido, ele dizia assim:

“Inspirada em um texto de I.Carl, posso dizer que sou uma mistura das coisas mais belas na vida. Eu sou uma daquelas pessoas que vale a pena ter por perto. Eu sou alguém cuja presença marca o momento, o movimento, e a vida. Eu sou uma mistura química que Deus fez em seu laboratório no céu. Ele me fez em sua felicidade misturada com sua força de vontade, senso de humor, simpatia, um sorriso incrível… Sacudiu tudo em um pote e me fez. Depois disso, ele reservou esta fórmula em uma de suas prateleiras como uma das mais raras e especiais. Eu sou como aquela música que você ouve apenas uma vez, e já sabe que não vai esquecer. Sim, sou tudo isso e mais um pouco. Porque a dificuldade me fez mais forte.”

De lá para cá, as provações continuaram, mas a forma como eu lido com elas mudou. Sei que nenhuma malediscência ou manipulação daqueles que fingem serem bons, quando não são, poderá me enfraquecer se eu não permitir. E é por isso que hoje, me sinto ainda mais forte.

Nenhuma manipulação e malediscência me causará preocupação, simplesmente porque eu sei qual é a verdade sobre mim. Meu ego não me engana mais! Estou desperta e tenho consciência do meu valor.

Sigo me fortalecendo cada vez mais e me protegendo desses ataques até que Deus entenda que eu já cumpri o meu dever de desnudar toda a verdade.

Não compactuarei com mentiras, não serei mansa com os injustos, não darei guarita a esses atos de desamor. Mesmo que me atirem pedras, seguirei o meu caminho em paz porque nada que digam e façam contra mim, estarão fazendo a mim, mas sim, a eles mesmos!

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Iara Fonseca, jornalista, escritora, editora de conteúdo dos portais Resiliência Humana, Seu Amigo Guru, Homem na Prática e Taróloga. Para agendar uma SESSÃO DE AUTOEXPANSSÃO com a Iara, mande um direct para @ESCRITORAIARAFONSECA

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA, SEU AMIGO GURU e HOMEM NA PRÁTICA. Neurocoaching e Mestre em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram @escritoraiarafonseca .