A ansiedade faz com que você fale coisas que você não queria

Quando a ansiedade é mais forte do que a sua vontade, claramente, não é mais você que está no controle. Você se torna vulnerável às emoções, aos sentimentos e nem os seus comportamentos você consegue controlar, quando percebe, já falou ou fez algo, e logo depois, acredita que não deveria ter falado ou feito.

Mesmo que, em um primeiro momento, você sinta a necessidade de falar ou fazer algo, depois que você faz ou fala, você imediatamente, se arrepende.

Não importa se você estava certa(o) ou errada(o) em dizer ou fazer o que você fez ou falou, você simplesmente se arrepende.

Isso acontece porque quando a ansiedade te controla, a insegurança se torna a sua melhor amiga. Ela fica gritando com você e te fazendo duvidar de si mesmo.

Você duvida das suas próprias percepções e passa a acreditar que pode estar mesmo ficando louca(o), ou mesmo, que você é quem está errada(o) em tudo, mesmo vivendo uma situação, claramente, abusiva.

Você não controla mais as suas vontades, come muito, ou não come nada, dorme pouco, ou o dia inteiro. Você se preocupa com tudo ou não se importa com nada. Você vive de extremos.

Apesar de se esforçar muito, você não consegue lidar com essa ansiedade, por isso, passa a acreditar que é melhor se afastar de tudo e de todos, ficar em silêncio, porque assim, você não faz nada errado.

Você se sente esgotada(o) e não sabe o que fazer para vencer essa ansiedade que está invalidando a sua vida e te tornando alguém extremanente insegura(o).

Você deixa de fazer o que você ama, deixa de estar com quem você gosta, com medo da ansiedade te levar a falar ou fazer algo que, conscientemente, você não faria ou falaria.

Você fica com medo do futuro e insegura(o) nos seus relacionamentos, porque sempre acaba estragando tudo com ações ou falas precipitadas. 

Você já sabe que não poderá agir assim tantas vezes e depois pedir desculpas porque você sente que as pessoas não aguentarão. Você se arrepende, mas não consegue consertar tudo, e muitas pessoas te abandonam.

Mas nem tudo está perdido.

Algumas pessoas vão sair sim da sua vida, mas tudo é uma questão de livramento. Aqueles que realmente te amam, ficarão. E só isso importa agora.

Você pode vencer a ansiedade. Você só precisa acordar desse sono profundo que te faz criar ilusões, e principalmente, precisa aceitar a ua realidade. Sem esses dois passos, você continuará repetindo situações negativas em sua vida.

Pare de esperar a mudança vir de fora e começa a olhar para dentro. Do que você realmente tem medo?

Não é preciso ter medo das suas emoções. Elas não são as vilâs da história.

Acolha as suas emoções, as escute com carinho, dê atenção a elas. E pare de querer fugir da realidade, por mais difícil que ela possa parecer. Não se entregue! Conta comigo!

Muitas vezes, fica difícil vencer a nossa insegurança sozinho, e a gente precisa entender que é hora de pedir ajuda. Me chame no direct @rhamuche e agende uma consulta individual.

*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO RESILIÊNCIA HUMANA?

SE TORNE CADA DIA MAIS RESILIENTE E DESENVOLVA A CAPACIDADE DE SOBREPOR-SE POSITIVAMENTE FRENTE AS ADVERSIDADES DA VIDA.

RECOMENDAMOS









Robson Hamuche é Terapeuta transpessoal com especialização em constelação familiar, compõe a equipe de terapeutas do Instituto Tadashi Kadomoto (ITK). É também idealizador e sócio-proprietário do Resiliência Humana, grupo de mídia dedicado ao desenvolvimento humano, que reúne informação de qualidade acerca de todo o universo do desenvolvimento pessoal, usando uma linguagem leve e acessível.