8 exercícios infalíveis para ser mais feliz e elevar sua autoestima

Kassia Luana

Somos seres de hábitos. Sejam ruins ou boas, tendemos a repetir e tornar parte da nossa rotina as práticas que executamos várias vezes. Por exemplo: você precisa acordar todos os dias às 6 da manhã, mas não tem o costume. Depois de certo tempo repetindo este horário, diariamente, você estará acordando sem despertador. Também tendemos a repetir as atitudes que vemos constantemente em nossa casa, escola e, quando adultos, no ambiente de trabalho. E, sem perceber, estamos revivendo histórias de outras pessoas como se fossem nossas. Filhos de pessoas dominadoras e agressivas que namoram e se casam com outras pessoas dominadoras e agressivas, por exemplo.

Mas, se tomamos consciência de que somos seres de hábitos, podemos usar este fato a nosso favor.

Quando comecei a meditar, por exemplo, 5 minutos de silêncio pareciam o próprio inferno. Após meses de luta e persistência, encontrei a técnica certa e a meditação se tornou parte da minha rotina. É assim com a prática de exercícios físicos (ou você acha que todos já nasceram com vontade de pegar peso?), hábitos alimentares saudáveis, disciplina no trabalho, felicidade etc.

Tudo é uma questão de persistência, pratica e determinação. Mas, se é possível fazer isso em tantas áreas, será que conseguimos alterar nossa autoestima, amor-próprio?

A resposta é SIM! Tudo começa com a força de vontade. E se você chegou até aqui na leitura deste artigo, significa que você está disposto. Parabéns!

Listarei abaixo algumas práticas que, ao serem repetidas diariamente, com disciplina, farão você entender o quanto é único, especial e atrairá para a sua vida tudo de maravilhoso que você merece e esses exercícios vão elevar a sua autoestima e te deixar mais feliz!

1. Semeie a gratidão

Use mais vezes em seu dia o termo “muito obrigado (a)”! Agradeça a cama que você dorme, a pessoa que fez seu café da manhã, ao motorista do ônibus, ao porteiro do seu prédio, ao colega de trabalho, ao seu chefe, aos seus pais (pessoalmente ou em oração). Torne a Gratidão o seu mantra diário. Antes de dormir, escreva em um caderno cinco coisas pelas quais você é grato naquele dia. Coloque ao lado da cama e, ao acordar, leia novamente o que escreveu. Este hábito vai fazer com que você preste mais atenção às pequenas e grandes coisas que ocorrem em seu dia e que, muitas vezes, passavam despercebidas.

Além disso, você vai dormir e acordar muito feliz, pois a gratidão está ligada ao coração e ao cérebro ao mesmo tempo. No cérebro, age ativando o Núcleo Accumbens, que libera dopamina, (responsável por transmitir as mensagens entre os neurônios) causando, automaticamente, sensações como vitalidade, alegria, satisfação, otimismo, ressignificação, vitalidade, autoestima. Outra substância é estimulada através da gratidão: a ocitocina. Esta ajuda a controlar os estados mentais prejudiciais. Estimulada pelas vias cerebrais, desperta a função do afeto, diminui a ansiedade, reduz o medo e o pânico e traz bem-estar.

2. Faça uma lista das suas qualidades

Sei que, por vezes, parece que temos somente defeitos. Somos humanos e, portanto, suscetíveis a erros e acertos.

Mas, ao mesmo tempo, somos únicos e, sendo assim, temos dons e qualidades exclusivos. Ninguém tem o sorriso como o seu. Ninguém tem os olhos como os seus. Ninguém tem aquele sinal ou marca de nascença que você tem. Ninguém tem a sua persistência e força de vontade. Ninguém é tão bom no seu trabalho como você. Ninguém sabe fazer aquela salada ou torta que você faz. E, por vezes, você precisa ser lembrado disso.

Escreva uma lista com todas estas coisas e deixe no seu bolso ou bolsa. E sempre que se lembrar de mais uma, releia as anteriores e acrescente a que lembrou. Comece a lista com, no mínimo, 5 e, em poucos dias, perceberá que tem muito mais qualidades do que imagina. Se não conseguir começar sozinho, peça a um amigo ou parente que o conheça bem para ajudá-lo SOMENTE nos primeiros dias.

3. Tire uma hora do dia para fazer algo que você realmente gosta

Toda criança tem algo que realmente gosta de fazer: escrever, desenhar, brincar com dinossauros, correr, ler história em quadrinhos ou livros, cuidar das plantas… com o passar do tempo, deixamos estas coisas de lado e criamos tempo para o trabalho, para um amigo, mas não para nós mesmos. De hoje em diante, você terá, no mínimo, uma hora por dia para fazer algo que realmente lhe dê prazer, que o faça sorrir. Dê a si mesmo este presente. Faça uma caminhada, sente e simplesmente não faça nada, leia, cuide do cabelo, das unhas. Não importa o que você faz neste tempo: ele é seu momento. Trate-se bem, dedique tempo a si mesmo.

Em pouco tempo, entenderá que se você for a sua própria prioridade, sentir-se-á mais completo, mais realizado e, consequentemente, mais feliz. E você merece isso! Redescobrirá dons que há muito tempo estavam esquecidos e entenderá que precisa levar este prazer para todas as áreas da sua vida. Valorize o tempo que passa consigo mesmo e todas as outras pessoas terão prazer em desfrutar o tempo que passam em sua companhia.

4. Substitua as reclamações por elogios

Tudo em que focamos a nossa atenção cresce. Quanto mais você focar em um defeito, mais traços dele serão enfatizados. Se você não parar de pensar no problema que tem que resolver, não encontrará a solução. Simples assim!

Preste a atenção nos seus pensamentos, sentimentos e ações em relação a todas as coisas. Quanto mais pensamentos bons e qualidades vir nas situações e pessoas, mais coisas, situações e pessoas boas serão atraídas para você. Não é pensamento positivo, é Lei da Atração!

Sempre que se pegar fazendo uma reclamação ou crítica, ainda que mentalmente, respire fundo três vezes (isso oxigena o cérebro) e substitua este pensamento por um elogio ou pensamento positivo. Acredite: os efeitos são instantâneos!

5. Faça doações para quem precisa

Muitas vezes estamos em situações muito delicadas e não conseguimos ver que alguém daria tudo o que tem para estar em nosso lugar e ter a nossa vida. Você tem somente R$10,00 no bolso? Tem alguém que precisa de R$1,00 para completar a passagem e não tem, por isso está indo à pé. Você não gosta do seu trabalho? Tem pessoas que estão desempregadas há mais de 5 anos. Você não tem um casaco da moda? Tem pessoas que estão dormindo ao relento e não têm uma camiseta para se proteger. Não estou dizendo para você viver comparando a sua situação com a das outras pessoas, mas para você valorizar as coisas que tem e lembrar-se de que você tem muito mais do que imagina! E se você tem mais do que imagina, sempre tem algo para doar!

Um fato muito interessante sobre a doação é: o hábito de doar libera o fluxo de receber. Tudo o que vai, volta. É cientificamente comprovado. A grosso modo, quem doa prospera. Além de ajudar outra pessoa a crescer, está ajudando a si próprio a se livrar do medo e da escassez, de karmas e pensamentos negativos. Como consequência, libera o fluxo de recebimento, abre portas e prospera.

Determine a si mesmo que todos os dias doará alguma coisa a alguém: um elogio, uma palavra de conforto, tempo, dinheiro. Faça essa energia circular. E se está circulando, tudo isso voltará de alguma maneira para você!

6. Seja menos duro consigo mesmo

Eu sei: tendemos a exigir de nós mesmos que sejamos os melhores em tudo. E quando não atendemos a essas expectativas, ficamos muito frustrados. Essa frustração, se não tratada e corrigida de imediato, causa tristeza que, consequentemente, gera depressão. Agora, preste a atenção: você já viu alguém aprender ou melhorar sendo pressionado e julgado a todo o momento? Com certeza, não! Você já viu alguém verdadeiramente feliz sob pressão? Certamente, não. Então, por que com você seria diferente?

É importante você entender que não podemos ser os melhores em tudo. Somos humanos e suscetíveis a erros. Você já errou antes e vai, com certeza, errar novamente. O importante é dar o melhor de si. E este melhor, se é dado de coração, será reconhecido. Pare de se cobrar tanto! Valorize mais as coisas que você consegue fazer e faça da melhor maneira. Assim, você ficará feliz e todos à sua volta serão beneficiados com isso. Você será muito mais feliz, muito mais valorizado. Sem pressão, a vida fica muito feliz e mais leve.

7. Cuide da sua alimentação e do seu corpo

Seu corpo é um templo, é seu instrumento de trabalho, é o reflexo da sua saúde. Cuidando da sua alimentação, cultivando hábitos mais saudáveis, você está cuidando e respeitando este templo. Seu cabelo ficará muito mais bonito e sedoso, sua pele mudará radicalmente, assim como o funcionamento do seu intestino. E tudo isso contribui para que você se sinta mais feliz. Alimentar-se corretamente também influencia na cura e prevenção de diversas doenças físicas como gastrite, prisão de ventre e algumas mais graves também. Cuidar da alimentação é amar-se e respeitar-se. Você merece isso!

Não pule refeições. Coma mais frutas e verduras. Diminua ou zere o consumo de álcool e refrigerantes. Dê preferência a alimentos frescos e sem conserva. Você vai sentir a diferença desses novos hábitos logo na primeira semana.

8. Cuide da sua espiritualidade

Independente de religião, a sua espiritualidade é a base da sua vida. Suas crenças o moldam, acredite. Mesmo o fato de não acreditar em nada diz muito sobre você. Então, cuide da sua espiritualidade. Limpe as crenças que estão enraizadas no seu subconsciente e que, muitas vezes, nem começaram com você. Valorize a sua existência. Tire um tempo para estudar e pensar sobre isso. Vale muito a pena! Quando você entende que faz parte de um todo, que é um com todo o Universo, entende, também, o quanto você é valioso e importante para o crescimento e melhoramento da Humanidade. Precisamos de você! Se você melhora, o mundo melhora!

Siga essas dicas, adaptando-as à sua realidade. Comece com o que conseguir e acrescente as demais, uma a uma, à sua rotina.

Acredite, em um mês os resultados serão enormes e a diferença será visível na sua saúde mental e física e, principalmente, você será muito mais feliz!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS





COMENTÁRIOS




Kassia Luana
escritora, promotora de vendas e divulgadora Seicho No Ie (SNI). Apaixonada pela vida, acredito na auto cura, na gratidão e amor ao próximo.