Acredito muitíssimo na capacidade terapêutica do cinema. Se antes contávamos histórias ao redor da fogueira, hoje ficamos em torno de uma tela para compartilharmos experiências, reais ou fictícias, contadas por atores e diretores.

Um bom filme pode ensinar muito quando falamos de saúde emocional. Hoje existe até mesmo um projeto espanhol, o Medi-Cine, criado pela terapeuta Mercedes Martínez Moreno, cujo intuito é tratar a saúde psíquica através de filmes. Mercedez não receita remédios, ela receita histórias para seus pacientes. E o tratamento tem sido fortuito.

No Brasil ainda não há um projeto parecido, mas felizmente através da internet podemos encontrar dicas que nos ajudam a pontuar determinados assuntos.

Listamos abaixo alguns filmes que podem te ajudar:

CISNE NEGRO – 2010


Nina é uma balairinha experiente que sonha em dançar o Cisne Negro. Sua grande chance parece estar perto, mas o papel dos sonhos é passado para a novata Lily. Com Natalie Portman, Mila Kunis, Vincent Cassel, Barbara Hershey e Winona Ryder.

BELEZA AMERICANA – 1999


o filme mais comentado do ano. Uma divertida, comovente e chocante viagem através da vida suburbana da América. …olhe bem de perto o publicitário quarentão Lester Burnham e sua ambiciosa esposa Carolyn, enquanto seu casamento e suas vidas lentamente se desagregam. A mulher de Lester o detesta, sua filha Jane o

O SILÊNCIO DOS INOCENTES – 1991


O Silêncio dos Inocentes é tão absolutamente incrível, que vale por uma aula de psicologia. Aqui, nosso psiquiatra-canibal favorito ajuda uma agente do FBI a caçar um assassino em série.

SEVEN – OS SETE PECADOS CAPITAIS – 1995


Dois detetives da homicídios estão à caça de um assassino em série que justifica seus crimes usando os 7 pecados capitais.

GÊNIO INDOMÁVEL – 1997


Um fenômeno do cinema, esta história triunfante foi nomeada para 9 prêmios Oscar, e ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante para Robin Williams e para os recém-chegados Matt Damon e Ben Affleck (Melhor Roteiro Original). A mente mais brilhante da melhor universidade americana não é um aluno e sim, o garoto que limpa os corredores! Will Hunting (Damon) é um obstinado, um gênio da classe trabalhadora, mas que está falhando na escola da vida. Depois de muitos desentendimentos com a lei, a última chance de Will é um professor de psicologia (Williams), que pode ser o único homem a chegar até ele!

RECOMENDAMOS









Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia