Um dia acalma… Mas enquanto eu conseguir, sempre estarei na luta! – Por Glaumir Muraca

Resiliência Humana

Ter dois empregos, se dedicar a um Lar de idosos durante a semana que me consome com mil surpresas, dificuldades e necessidades diárias, que nos tira o sono ou nos deixa apreensivos com situações diversas e nunca deixar a peteca cair pelo amor que temos por eles.

Aliar o gerenciamento de eventos em uma casa de shows chamada Fábrica de Extintores para diversão geral, segurar o cansaço de ficar, por exemplo, de sexta-feira, 24 hrs no ar, saindo de um trampo para o outro, ou passar meses sem descanso nos domingos. Me dedicar todos os dias da semana, até em feriados para alegria da galera, que para quem me conhece pelas redes sociais, já sabem o tanto que tento alegrar a todos, não é fácil… Não mesmo!

Bads tenho muitas, depressivo idem, mas isso fica comigo…

Muitos não me entendem, mas tenho objetivos, sonhos, uma casa e minha mãe… Peço desculpas para os amigos por as vezes furar em compromissos, não poder ir em algo, minha vida é corrida, desnorteada e tenho raros tempos livres.

Um dia acalma… Mas enquanto eu conseguir, sempre estarei na luta!

Bem antes dos 18 tenho meus corres e minha vida financeira para cuidar. Como dizem por aí, tudo que eu tenho eu conquistei na raça, e depois de perder meu pai, quebrar o joelho, ficar desempregado, ser traído por pessoas, me afundar…Aprendi bem e a dar valor a cada segundo do meu esforço!

Esse foi apenas um desabafo de uma pessoa que as vezes nem eu entendo direito, mas que tenta ser o melhor de forma justa, sem trapaças, apenas no suor e amor.

Essa foto me inspirou, mostra um “eu” que nunca vi nesse ângulo de vida!

Registrada pelas lentes de Marina Alves.

*** Para quem quiser conhecer o Glaumir Muraca, segue sua rede social:

https://www.facebook.com/glaumir.muraca?hc_ref=ARTkEj17p7La0w7k-i2Cb8rbVWHcEpPHpNvkGzkMnRU-3o4TsCwQNRVi7wCzEIDixgo

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Resiliência Humana
Bem-estar, Autoconhecimento e Terapia

COMENTÁRIOS