A raiva pode ser tão forte como o amor, só cabe a você decidir qual delas irá alimentar dentro do teu peito.

Arkab

As pessoas andam tão cruéis.

A cada 3 minutos um jovem é brutalmente assassinado.

A cada 11 minutos uma mulher é violentamente abusada.

A cada 20 minutos alguém tira a sua própria vida.

Ah, Deus.

Onde eu aperto o botão que impede tudo isto?


Se me fosse possível, eu desejaria apenas um único dia em que fosse impossível ouvir o som ensurdecedor de mais uma bala perdida em outro jovem. Eu desejaria apenas um dia onde as mulheres não pudessem sentir qualquer tipo de dor ou abuso em sua pele. Desejaria um só dia onde as cordas que envolvem os pescoços cansados não fossem utilizadas de maneira alguma. Eu imploraria por um único dia onde a paz e o amor predominassem todo o universo com seus gestos e suas palavras calmas, assim, as pessoas poderiam sentir toda a bondade dentro de seus corações pelo menos por meras 24 horas.

Seria um dia sem feridas ou dores.

Seria um dia de paz e amores.

O mundo anda tão cruel esses dias que talvez aquele garoto – antes de alguém ter tirado a sua vida – tivesse esperando o abraço de sua mãe que o consolava dizendo que tudo ficaria bem. E que talvez aquela menina dos olhos verdes – antes de ter sido violentamente abusada – estivesse fazendo uma surpresa ao seu namorado tarde da noite com presentes e flores, mas não imaginava sentir tanta dor. Ou talvez aquele pobre garoto – que havia tirado sua própria vida – só precisasse de um ombro amigo alguns segundos antes dizendo que entendia todas as suas dores e receios. Tenho tanto medo de perder as pessoas que amo para toda essa crueldade que muito nos assusta diariamente. Mas não deixo este medo me consumir por inteiro, eu sei que tenho inúmeros receios que tanto me assustam, porém, carrego no meu peito o amor que me abastece sentimentos bons em minha alma e assim continua.

Não deixe a raiva crescer dentro do teu peito seja por qual for o motivo, pois a maioria das pessoas que cometem estas maldades estão cobertas por ela e não costumam enxergar isto. A raiva pode ser tão forte como o amor, só cabe a você decidir qual delas irá alimentar dentro do teu peito. Mas eu te imploro, semeie o amor, plante e cultive o amor, e receberá amor em troca, e será feliz. O mundo é como um grande espelho; se você sorrir para ele, ele te sorrirá de volta. Seja semeador daqueles sorrisos que nos dão a segurança de atravessar a próxima esquina em direção a nossa casa. Seja doador do amor que o teu peito não suporta carregar sozinho e insiste em dividir com o mundo lá fora.


Há anos eu me questionei onde eu apertaria o botão mágico capaz de acabar com toda a violência do mundo afora e só percebi que não existia botão há alguns anos, e que infelizmente, a maldade de algumas pessoas insiste em visitar seus corpos por algum motivo ruim, causando assim, coisas ruins também. Reze por elas também. Pois elas precisam mais do teu amor.

Hoje eu não me questionarei quantas pessoas irão perder suas vidas. Hoje as minhas orações superarão tudo isto, e eu sei, que em algum lugar, Deus estará me escutando. Ele sempre escuta.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Arkab
Apaixonado pela poesia feminina. Acredito fielmente que o amor seja o infinito que resolveu morar no detalhe das palavras. Muito prazer, eu me chamo Pedro Ficarelli, e escrevo com o único intuito de pôr palavras onde a tua dor se faz insuportável.

COMENTÁRIOS