Vou dar a volta por cima porque cansei do fundo do poço

Iara Fonseca

É comum ouvirmos as pessoas dizerem que a vida não está nada fácil. É tão comum que acabamos interiorizando isso e acreditando piamente que é verdade. Ao acreditar nisso, nossa vida acaba entrando em uma espiral e quando nos damos conta, já se foram anos em um umbral escuro onde não conseguimos enxergar um palmo a nossa frente e o mundo parece desabar em cima de nossas cabeças.

Quando os pensamentos negativos são interiorizados começamos a cultivar frustrações, grandes preocupações, a raiva se instala e não conseguimos sentir alegria em nada, não nos permitimos ser gratos pelas coisas simples da vida, todos estes pensamentos de qualidade negativa acabam destruindo a nossa autoestima, manifestando e criando em nosso corpo, formas negativas de doenças como a azia, úlceras e até o câncer.


E chegamos no temido fundo do poço, onde não existe solução para os nossos problemas, e não conseguimos encontrar saídas possíveis… Simplesmente nos sentimos abandonados e a mercê da própria sorte… Que para nós, parece não existir.

Para conseguir sair dessa emboscada da mente, precisamos ter consciência de que temos o poder de criar a nossa realidade e que o nosso subconsciente é nosso escravo, e não o contrário. Precisamos usar técnicas de autoafirmações positivas diariamente e espantar os fantasmas dos pensamentos negativos. Não é tarefa fácil, eu sei. Mas na vida, nada é fácil. Tudo exige determinação e uma força interior que atende pelo nome de “QUERER”!

Ainda não existe uma maneira comprovada de acessar este enorme potencial que temos, no entanto, há maneiras de alcança-lo de vez em quando. Sigmund Freud, o pai da psicologia moderna, HÁ MUITO TEMPO DESCOBRIU que em nossas mentes existe uma parte subconsciente, onde acessada aumenta drasticamente nossa capacidade de obter o sucesso naquilo que desejamos.

Ouvi certa vez que homens são como nozes, o melhor deles é revelado quando são esmagados.

Normalmente quando nos sentimos esgotados, e quase derrotados, ressurgimos ao enxergarmos um fio de esperança, uma fresta de luz que nos impulsiona, uma energia que aparece de não sei de onde, mas que muitos de nós chamam de milagre de Deus.

Temos uma reserva de energia para estas ocasiões, podem acreditar e temos que procurar fundo e lançar mão desse recurso de vez em quando.

A força que temos é maior do que pensamos. Controlar os pensamentos negativos é a principal tarefa para criar asas e conseguir voar para o cume, e se desfazer das amarras que nos prendem no fundo.

Acredite, seu pensamento pode ser seu aliado, ou seu inimigo, escolha quem ele será daqui para frente. Mas escolha certo!

Olhe para você, veja o que tem de bom aí dentro, veja o que é possível fazer, não queira mais do que pode no momento, aceite um passo de cada vez, mas dê esse passo.

O grande problema de quem está no fundo do poço e não consegue sair, é as suas grandes expectativas e o seu alto padrão de exigência, tanto com sigo próprio quando com os outros. Largue de ser tão exigente, simplifique, seja humilde, aceite o pouco e agradeça… Para alcançarmos objetivos maiores, precisamos começar de algum lugar.

“O insucesso é apenas uma oportunidade de recomeçar com mais inteligência”. (Henry Ford)

Sei que é difícil e mesmo nos esforçando, muitas vezes, não conseguimos superar o medo que temos do desconhecido, ou achamos que passaremos vergonha, humilhação… Ou simplesmente, temos medo de sermos finalmente responsáveis por nossas escolhas. Preferimos “estar na mira do fogo”, sendo fuzilados por pensamentos aniquiladores, em casa, no emprego, em uma relação tóxica, e continuamos mergulhados nessa tinta negra do poço mais fundo.

Nessa lama, no completo limbo, somos obrigados, finalmente, a fazer escolhas, e somente elas nos ensinarão o verdadeiro prazer de se alcançar a maturidade. Não querer aprender com os erros, negar os próprios defeitos, ou pior ainda, criar defeitos que não existem em si mesmos, são características limitantes da única forma de nos libertar das algemas que nos prendem ao poço: A coragem.

Coragem! Levante e ande! Erga a cabeça e firme os pés no chão. Ventile a mente, acredite em quem te ama, mesmo que você pense que só quem te ama é seu cachorro. Se for esse o caso, escute ele. Veja como ele te acha o máximo, e acredite nisso!

“A verdade é que os nossos melhores momentos são mais propensos a acontecer quando estamos nos sentindo profundamente mal, infelizes ou insatisfeitos. Pois é só nesses momentos, gerados pelo nosso desconforto, que temos a iniciativa de sair de nosso estado e começar a procurar meios diferentes ou respostas mais verdadeiras.” (Scott Peck)

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Iara Fonseca

Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!


COMENTÁRIOS